9 Monkeys of Shaolin

 


9 Monkeys of Shaolin é um beat’em up ao estilo old school, desenvolvido pela mão do estúdio Russo, Sobaka Studio. Após alguns percalços no seu desenvolvimento e vendo a sua data de lançamento adiada uns meses, este é um título que promete algumas horas de diversão tanto a nível single player como multiplayer, já que é possível convidar um amigo para ajudar na campanha.

 

Quem nunca pensou ser um Jet Li desta vida? Apesar de ser um jogo simples e mesmo não explorando muito o estilo kung fu, o facto de ser um beat’em up ajudou bastante a manter este título de baixo de olho.    

 

Misturando um pouco a realidade com fantasia, a estória é passada num período turbulento na antiga China, onde a região de Wei Cheng sofria ataques constantes de bandidos. A título de curiosidade todo o jogo conta com voice acting, e a pessoa que dá voz ao personagem principal, deu voz a Jin Sakai (Ghost of Tsushima).

 


Um dia um ataque de piratas japoneses deixou toda a região destroçada e com apenas um sobrevivente... Felizmente o nosso personagem principal foi salvo por um grupo de monges, mas a sua família e amigos não tiveram a mesma sorte.

 

Ao princípio Wei Chang é movido por uma sede de vingança por quem provocou toda esta destruição, mas logo se depara com uma situação bastante mais complicada, já que começam a aparecer entidades obscuras. A missão passa assim para a tentativa de salvar toda a região destes ataques. Com os ensinamentos do seu mestre mudou de nome para Daokong e aprendeu a controlar todo o seu poder em ataques poderosos. 

 

A narrativa não é de todo o foco principal, mas está presente e ajuda a orquestrar todo o ambiente.

 

A diversão provém da jogabilidade que passa por derrubar todos os inimigos com chapadas e pontapés. Daokong tem à sua disposição um bastão e as suas pernas como arma, enquanto se desloca da esquerda para direita. Ao início a lista de movimentos de Wei Cheng, ainda como pescador, não é muito extensa, mas são eficazes. Conta com uma habilidade de “parry”, o ataque básico, o salto com pontapé e por fim a habilidade de esquivar. À medida que passamos de capítulo o livro abre-se e com ela três árvores de habilidades. Embora tenha colocado quase todos os pontos na primeira árvore de habilidades, que se destina à condição física e dano aplicado pela personagem, as restantes são interessantes e destinam-se às habilidades especiais que consomem a barra Qi, de cor amarela, apresentada por baixo da barra de vida.

 


Para aplicar estas habilidades especiais é necessário carregar num dos “trigers”, que permitem disferir um ataque que deixa a arma com uma espécie de aura que causa mais dano e um ataque em área que se desdobra entre deixar os adversário mais lentos ou por exemplo a possibilidade de deixar os inimigos a levitar e completamente expostos a ataques.

 

Na seleção de cada nível é possível ver a quantidades de pontos que é possível receber se o mesmo for concluído. Estes pontos são destinados às árvores de habilidades anteriormente faladas.  

 

A maior parte do cenário é destrutível e é realmente importante explorar esta possibilidade já que provém coisas boas pela sua exploração. As integrações de chás de diferentes cores equivalem a diferentes buffs. O verde é destinado à recuperação de vida, o vermelho equivale a um buff de dano temporário, o amarelo equivale à possibilidade de usar a barra de Qi e por consequente os ataques especiais por um curto período de tempo e por último o chá branco que equivale a uma espécie de armadura impenetrável por breves instantes.

 

Não é um título muito longo e é perfeitamente possível terminar todos os cinco capítulos em menos de cinco horas. Felizmente existe a possibilidade de jogar toda a campanha acompanhado por um amigo, tanto em modo online como em local.

 


No geral 9 Monkeys of Shaolin não é um título mau, mas também não é um título memorável, denota-se uma falta de tempero para esse efeito. É um beat’em up divertido de se jogar acompanhado, mas que cansa ao fim de pouco tempo. É recomendado aos amantes do género. 

Nota: Análise efetuada com base em código final do jogo para PC, gentilmente cedido pela Buka Entertainment.

9 Monkeys of Shaolin 9 Monkeys of Shaolin Reviewed by Pedro Almeida on 14:00 Rating: 5

Latest in Sports