Destruction Allstars


Destruction Allstars é o título desenvolvido pelo estúdio britânico da Lucid Games e que se apresenta como uma mistura de conceitos que embatem de frente com um jogo que mete carros, destruição e pontuação.

Imaginem Rocket League misturado com um determinado modo de jogo do Fall Guys, ação e parte gráfica reminiscente do Fortnite. Confuso? Bom, é realmente muita ação para apresentar no monitor. A premissa deste título é simples: conduzir e embater contra os inimigos. Embora estas colisões também possam ser feitas contra os próprios colegas de equipa, portanto há que ter cuidado no momento de fixar os olhos no inimigo.

O jogo pode ser separado entre momentos de condução alucinante e momentos onde o jogador controla a personagem fora do carro. Neste sentido o jogo perde imenso a sensação de adrenalina, porque honestamente uma personagem sem carro num jogo de carros é como um skater sem o seu skate. Ainda assim são introduzidos momentos interessantes como a possibilidade de se esquivar dos ataques inimigos e a vertente de parkour, que permite ao jogador alcançar plataformas distantes.



Mesmo sem grande profundidade de gameplay, este título introduz uma habilidade especial que é diferente em cada personagem. Como se uma espécie de "ultimate" se tratasse. Esta habilidade permite fazer chamar um carro especial com apenas uma habilidade, que se distancia dos ditos carros normais. É assim possível chamar carros com enormes serras na sua frente, carros que deixam um rasto de fogo que dá dano a quem o esteja a seguir, mais velocidade, mais “vida”, entre outros. No total existem 16 personagens jogáveis o que equivale a 16 carros especiais diferentes.

É possível escolher-se entre quatro modos de jogos diferentes. Mayhem é o modo de jogo principal que parte do princípio que o vencedor é o jogador que tiver mais pontuação. Para obter pontos é assim necessário infligir dano, esquivar-se a ataques inimigos e literalmente rebentar/destruir com o carro inimigo. A pontuação é atribuída consoante a velocidade do embate. A adicionar à velocidade do próprio carro é ainda possível pressionar o analógico direito para uma das quatro direções, dando um boost adicional de velocidade no momento do embate. Esta habilidade, claro está, também pode ser utilizada como mecanismo de defesa permitindo assim desviar de ataques.

O modo Carnado, é o modo baseado em pontuação de equipa e conta com um furacão gigante no centro da arena. É gerado duas equipas de 8 jogadores cada, e a premissa passa por colecionar partes de “gear” colecionado pelos embates entre jogadores. Este “gear” terá de ser depositado no furacão. Consequentemente o carro do jogador será destruído e o mesmo terá de encontrar outro para passar novamente à ação. 

 



O modo Stockpile que é certamente o que menos interesse trará para os jogadores já que a premissa passa por colecionar o “gear” deixado no chão da arena e controlar três pontos diferentes. Para isso, o jogador terá de deixar o seu carro, colecionar todo o gear espalhado no chão da arena e depositar o mesmo em locais específicos para o efeito.

O  modo Gridfall, onde o último jogador presente na arena vence a partida. Daí a minha chamada de atenção para o modo de jogo apresentado por Fall Guys, onde partes do chão da arena são aleatoriamente destruídos ficando assim uma pequena parte disponível para queimar pneu e empurrar os restantes jogadores para fora da mesma.

Por último é apresentado uma espécie de modo de história onde entram as micro transações… É realmente um tiro no pé este conteúdo ser fechado para a maioria dos seus jogadores. É necessário gastar créditos para cada capítulo como uma nova personagem. Poderia ser interessante para quebrar o ritmo das coisas.

Esta onda de ação e adrenalina apresentada com gráficos de excelência pode ser cativantes para alguns, mas a sua repetitividade e falta de profundidade de gameplay deixa um sabor a falta de sal.

O jogo é atualmente um exclusivo para a consola PlayStation 5 e encontra-se atualmente como gratuito para todos os membros do serviço PlayStation Plus.  

Destruction Allstars Destruction Allstars Reviewed by Pedro Almeida on 09:00 Rating: 5

Latest in Sports