The Fisherman – Fishing Planet


Nunca fui apreciador da pesca, mas tenho amigos que realmente conseguem passar horas em frente ao rio ou ao lago e dar duas de treta enquanto se tenta pescar o jantar. No entanto, The Fisherman não se cinge apenas a um hobby, a intenção do jogo é tornar os jogadores fãs da pesca, será que este é o jogo ideal?

Este foi possivelmente o meu primeiro videojogo de pesca e a experiência foi razoável, isto porque nunca na vida pesquei apesar de saber os básicos. Neste jogo facilmente se entende que se trata de um simulador, em termos de detalhes técnicos os jogadores vão encontrar os pormenores mais fiéis de sempre, o que além de interessante até acaba por ser educativo e oferecer um bom contacto com a pesca.


O jogo ensina passo a passo como ser um verdadeiro pescador. Inicialmente só é possível participar em pequenas pescas, o jogador caminha perto de casa e terá de procurar nas bermas do lago o melhor sítio para pescar, tendo em conta o clima que é de extrema importância. Contudo, para além disso, é necessário comprar os melhores acessórios. Tudo isto serve para mais tarde viajar pelo mundo e explorar várias zonas usando até veículos próprios para a pesca. Será igualmente necessário obter a licença para toda essa exploração. Como se sabe, todas as partes do mundo estão carregadas de espécies de peixes diferentes, seja a raridade ou o tamanho, tudo isso serve para aumentar a reputação do nosso pescador.

Em termos de opções no menu do jogo é surpreendente, podemos afirmar que é o jogo do género mais completo e realista de sempre. O jogador será bombardeado de itens e acessórios quase sem fim, um amante do desporto ficará feliz por reconhecer o esforço e dedicação à produção de The Fisherman – Fishing Planet.

Mas se o menu está repleto de coisas boas, guiarmo-nos por ele é uma experiencia horrível. Vezes sem conta andava perdido com uma quantidade desnecessária de botões diferentes para cada opção, uma quantidade de abas que vai desesperar o jogador quando podia muito facilmente fazer tudo bem mais simples. Pode parecer mentira, mas na nossa experiência, sendo isto uma parte essencial do jogo em si, o menu foi de longe a parte frustrante e péssima que o jogo apresentou. Tal como referido antes, no que diz respeito ao conteúdo, é massivo, todo o tipo de iscas as quais nem tinha sequer ideia, como as marcas de anzois e material que um pescador nato irá obviamente reconhecer.


Há um modo online com uma tabela classificativa dos melhores pescadores do mundo, interessante para quem quer competir e apresentar o maior e mais raro peixe a ser pescado na zona X ou Y. Isto faz com que o jogador queira fazer mais e melhor, o que por si só ajuda na duração do jogo e prolonga o vício de querer ser o número 1.

A música não existe, o que seria de esperar num jogo que exige concentração máxima. O bom de ser virtual e não existirem mosquitos a morderem-nos nem o perigo de cair do barco ao rio. O grafismo está bom e apresentável, mas nada do outro mundo, pois o importante neste caso é a pesca em si e não o que está em seu redor.


Não se pode dizer que é um jogo para qualquer pessoa, porque se já a pesca em si costuma ter as atenções de um determinado e pequeno círculo de pessoas, quanto mais a nível de um simulador nos videojogos. Este é um jogo destinado aos amantes do desporto na vida real que queiram ter uma experiência virtual do seu desporto de eleição.

Nota: Esta análise foi efetuada com base em código final do jogo para a PlayStation 4, gentilmente cedido pela Upload Distribution.
The Fisherman – Fishing Planet The Fisherman – Fishing Planet Reviewed by Patrício Santos on 22 outubro Rating: 5

Latest in Sports