Cyanide & Happiness: Freakpocalypse


Uma história interativa com puzzles à mistura e acima de tudo humor muito, muito, muito negro. 

Cyanide and Happiness é uma saga/ série/ conceito humorístico que há anos que nos vem divertindo na Internet.  De imagens a vídeos existe um bocado de tudo,  mantendo sempre a linha de um humor negro como a noite mais escura. Esta aventura criada e desenvolvida pelos criadores da série transmite exatamente isso, ainda que se encontre incompleta. 

O jogo começa a apresentar-nos o nosso personagem Coop, uma criança com uma existência miserável e constantemente atormentada que sonha ser um herói. Cabe-nos a nós controlar Coop e através do diálogo/ observação ou mesmo recolha e combinação de objectos resolver as tarefas que nos são apresentadas. Coop tem as suas idiossincrasias e cada personagem que conhecemos é uma sátira extremamente bem feita a estereótipos existentes.



Para além da tarefa principal,  temos várias tarefas secundárias que nos oferecem cosméticos como recompensa. Os cosméticos são hilariantes e trazem uma série de referências à série e à cultura popular. Estas tarefas envolvem resolução de puzzles diferentes e interação com outros personagens,  todas pautadas por um humor característico.  Para fãs do género de humor apresentado vale mesmo a pena ler todas as interações e diálogos,  houve claramente um grande cuidado em que todas as linhas fossem adequadas ao tom.

A história principal, no entanto, é curta devido a esta entrada ser a 1ª parte de uma planeada trilogia. Pior, acaba com uma reviravolta na história e que muda por completo o desenlace.  A experiência,  ainda que divertida, tornou-se algo desapontante. Ainda que tenhamos bastante conteúdo com as missões secundárias e com quase todos os personagens terem imensas linhas de diálogo deixou-nos não só a querer mais, mas com a sensação de que estava inacabado.



O estilo visual é o típico da série, com uma animação e o voice acting ao nível do conteúdo a que nos fomos habituando. As músicas e efeitos são também familiares para fãs do género e enquadram-se perfeitamente na mudança para jogo. O tutorial e as instruções estão sempre disponíveis para consulta, apesar de relativamente simples de interagir. Controlar e usar o inventário nem sempre é prático, e os menus sofrem do mesmo. A linguagem e temas também são adequados apenas a maiores de idade.



Uma história divertida (para fãs deste tipo de humor)  mas que peca severamente pela falta de conclusão. Venha a continuação!

Nota: Análise efetuada com base em código final do jogo para a Nintendo Switch, gentilmente cedido pela Evolve PR.

Cyanide & Happiness: Freakpocalypse Cyanide & Happiness: Freakpocalypse Reviewed by Bruno Santos on 14:30 Rating: 5

Latest in Sports