Primeiras Impressões: Secret Neighbour


Artigo por André Santos / Future Behind

Hello neighbour, título indie desenvolvido pela TinyBuild, é um jogo que já me fez transpirar. O objectivo é simples, abrir uma porta trancada em casa do vizinho e ultrapassar os obstáculos até descobrir o que é que o misterioso vizinho esconde na cave... mas será que a personagem com que jogamos o consegue fazer? Não foi um jogo fácil de completar pela complexidade dos puzzles e também pela falta de lógica no seguimento dos mesmos, por exemplo, bem no início do jogo temos que entrar numa janela do primeiro andar para conseguir progredir no jogo mas não há nada que nos diga para ir por lá, é um jogo que se baseia o princípio da tentativa-erro.

Mas algo que me chamou à atenção foi que aquele jogo era o ideal para jogar em co-op online. Um jogo das escondidas, onde o vizinho tenta apanhar as crianças que tentam descobrir os seus segredos... algo ao estilo de Friday 13th ou Dead by Daylight mas menos pesado. Ao que parece os responsáveis pelo desenvolvimento do jogo leram os meus pensamentos e criaram Secret Neighbour, um co-op online ainda em fase alpha que tive a sorte de experimentar devido a um evento de Halloween para o qual o Meus Jogos foi convidado.


Secret Neighbour Halloween passa-se no universo de Hello Neighbour e o objectivo passa por encontrar todas as chaves antes que o vizinho nos apanhe a nós. A parte gira do jogo? Ninguém sabe quem é o vizinho, pode ser qualquer pessoa e tudo o que vamos ver até ao momento antes de sermos apanhado é uma indefesa criança. 

Dado que o jogo se encontra em fase Alpha, não foi fácil entrar no jogo à primeira e depressa descobri que a sala onde estava não ia avançar pois só tínhamos 3 jogadores, parece que no mínimo são necessário 4. Depois de algum tempo de espera lá consegui entrar no jogo, comecei à porta de uma mansão assustadora e bastante bem decorada para o Halloween e para me apanhar desprevenido com alguns sustos propícios da época.


Ao entrar na casa depressa percebemos algo fantástico sobre este jogo, o som é direcional e caso estejamos em divisões diferentes ou mais afastados começa a ser impossível de nos ouvirmos uns aos outros, fazendo isto com que o trabalho de equipa seja fundamental. Para além disso tudo funciona como em Hello Neighbour, objectos para agarrar e atirar a quem nos tenta apanhar, a famosa lanterna que nos permite fugir do vizinho também lá está. Mas cuidado porque o vizinho tem um pó mágico que o transforma numa abóbora (não confiem nas abóboras), ótimo para passar despercebido. Tal como no título original podemos usar caixas para chegar a sítios mais altos ou mesmo escondermo-nos dentro de armários. 

Caso não esteja a encontrar as chaves que referimos anteriormente e apenas restarem três crianças vão aparecer corvos na casa que nos ajuntam a encontrar a divisão onde está a chave, uma forma de tornar o jogo mais simples dado que existe o tempo limite de 15 minutos para completar a nossa missão. 


Jogo das escondidas, num casa assustadora, com um inimigo que ninguém sabe quem é... tudo isto num co-op online. Secret Neighbour tem tudo para ser um sucesso, ainda em fase Alpha e com algumas arestas para limar como é o caso dos servidores instáveis o título desenvolvido pela TinyBuild já me deixou agarrado ao ecrã por algumas horas... fico ansiosamente à espera do lançamento final do jogo. 

Se quiserem saber mais sobre este título podem visitar o discord de Secret Neighbour
Primeiras Impressões: Secret Neighbour Primeiras Impressões: Secret Neighbour Reviewed by Telmo Couto on 31 outubro Rating: 5

Latest in Sports