Ligar o Pokémon GO ao Let's Go, Pikachu! / Eevee!


O "GO Park" é uma das grandes novidades de Pokémon: Let's Go, Pikachu! / Eevee! (LGPE), pois permite a ligação deste novo jogo para a Nintendo Switch com Pokémon GO, o popular jogo para smart devices que ainda hoje arrasta multidões.

Conforme foi referido na nossa análise, a funcionalidade não estava disponível durante esse período, mas tudo mudou com a mais recente atualização do Pokémon GO.


A partir de um certo ponto em Pokémon LGPE, chegando à Fuchsia City (serão cerca de 20h de jogo para lá chegar), será possível aceder ao GO Park e receber neste jogo as criaturas colecionadas em Pokémon GO. Para tal, será necessário aceder às definições de ambos os jogos de forma a que ambos se liguem por bluetooth e, assim, o Pokémon GO irá ganhar a funcionalidade de enviar pokémon para a Nintendo Switch.

No menu onde se encontram as criaturas de Pokémon GO, irá surgir um novo ícone relativo à Switch, que serve como botão para depois se escolher as criaturas a transferir. Escolhidos os bichinhos, do lado da Switch deverá falar-se com o empregado do GO Park e dizer que se pretende receber os pokémon. Avançando nos dois lados, a transferência é praticamente imediata, oferecendo "candy" ao jogador de Pokémon GO por cada criatura enviada.

    

Note-se que, após a transferência, os pokémon não poderão regressar ao GO. Para acautelar envios "ao engano", o menu de transferência não deixa enviar os que estiverem marcados como favoritos. Além disso, não é possível transferir alguns pokémon especiais, como o Squirtle com óculos de sol ou o Pikachu com chapéus festivos, por exemplo. Outra omissão notória é a do Pokémon Mítico Mew que, sendo assim, só poderá ser obtido no Pokémon LGPE através da compra do acessório Poké Ball Plus.

Feita a transferência, o jogador de Pokémon GO irá receber do seu lado uma Mystery Box. Esta funciona como uma espécie de "incenso" que, durante 30 minutos, irá fazer aparecer o Pokémon Mítico Meltan. Será preciso apanhar muitos Meltan e fazer múltiplas transferências de pokémon para o LGPE, mas com 400 "candies" o jogador poderá evoluir o Meltan e assim conseguir o Pokémon Mítico Melmetal! É a única forma de se obter estas criaturas metálicas, mas atenção: só será possível abrir a Mystery Box apenas uma vez por semana.


Já do lado da Nintendo Switch, todos os pokémon transferidos estarão no respetivo parque, à espera do jogador. Não há muita interação a fazer, mas é engraçado vê-los a interagir entre si enquanto se procura algum específico que se pretenda capturar e, assim, passá-lo para a box principal do jogo.

Neste caso, a primeira captura foi um Mewtwo, conseguido num raid em Lisboa com um grupo de jogadores de Pokémon GO de Benfica. Agora, é um Mewtwo de nível 20 à espera de se juntar à "party" para ser treinado ao máximo! Curiosamente, no jogo, os pokémon que foram capturados no GO Park têm um "G" ao lado do nome e, na sua origem, dizem "Traveled across space and time to come to GO Park complex". Bolas, este Mewtwo queria mesmo ir para Kanto!

Há ainda, no GO Park, uma secção chamada "Play Yard" para a qual é necessário ter-se 25 pokémon de alguma espécie. Serve para treinar um pokémon da espécie correspondente e assim subir-lhe rapidamente os seus EVs (valores de esforço).


O melhor desta funcionalidade é que permite qualquer conta de Pokémon GO ligar-se e transferir para o Pokémon LGPE quantas criaturas se quiser. Seja a mãe, o pai, irmãos ou amigos, todos podem contribuir para a aventura do jogador em Kanto. Da mesma forma, também é possível usar uma conta de Pokémon GO para oferecer a múltiplos jogos de LGPE, bastando para isso sincronizar a conta com a consola.

Ligar o Pokémon GO ao Let's Go, Pikachu! / Eevee! Ligar o Pokémon GO ao Let's Go, Pikachu! / Eevee! Reviewed by Telmo Couto on 15 novembro Rating: 5

Latest in Sports