Descenders


"Extreme Procedural Freeriding" é o subtítulo deste jogo que, por si só, já explica do que se trata. Desenvolvido pelo estúdio indie Sold Out e publicado pela No More Robots, Descenders é um jogo de ciclismo em declive extremo, cujas pistas são totalmente geradas de forma procedimental. Um jogo que faz recordar um clássico da PlayStation, No Fear Downhill, e que agora está prestes a chegar à PlayStation 4.



O primeiro ponto a referir são os visuais. Isto sendo um indie, tem um aspeto bem acima da média, contado, ninguém acredita. O jogo pode ser jogado na primeira ou terceira pessoa, sendo que na primeira pessoa é possível apreciar todos estes cenários que são, de facto, um regalo para os olhos. O objetivo é inequívoco, descer montanhas a uma velocidade fernética enquanto se realizam curvas apertadas e saltos com truques à maneira.

Com pistas muito bem elaboradas e bastante realistas, mesmo sendo geradas "aleatoriamente", tornam a experiência extremamente pura e sem grande espaço para fantasias. Aquilo que se pode fazer no jogo, é o que um profissional deste desporto consegue, nada mais nada menos. Aquilo que irá ser desafiante é na progressão a dificuldade das pistas, tendo no final de cada etapa a chamada “pista boss”, que conta com um grau de dificuldade de execução sem quedas um desafio enorme.


As BMX de todo o terreno estão preparadas para as piores condições possíveis, como tal, o jogador terá de ter um controlo maior dependendo das adversidades que encontrar em cada local. Existem pistas em montanhas rochosas, outras na floresta e até no deserto, mais especificamente no Canyon. Todas as pistas têm checkpoints para no caso do jogador sofrer uma queda e espalhar-se no chão, ter um novo ponto de partida para recomeçar. Há obstáculos que são realmente difíceis de ultrapassar e um sábio deste desporto facilmente desevenderá a melhor forma de os ultrapassar, não só com velocidade como realizando um truque no ar que o permite alcançar a rampa seguinte sem sofrer uma queda violenta.

Cada truque acumula Rep points, os pontos de reputação. Estes pontos servem claro para obter novos itens cosméticos para a personalização total da personagem. Conforme se vai avançando, novos mundos serão desbloqueados. Em cada pista existem sempre os objetivos secundários como, não tirar os pés dos pedais até cruzar a meta pedalando a todo o gás sem travar ou realizar dois truques iguais antes de cruzar a meta, estes objetivos vão fornecer pontos extra ao jogador.

O jogador terá à escolha uma das 3 equipas para se aliar. Os Arboreal, Enemy ou Kinetic. Cada uma destas equipas tem uma especificidade, os Kinetic têm como método a velocidade pura, os Arboreal têm um estilo mais direcionado para o off road e por fim os Enemy focam-se nos truques loucos que podem ser realizados no ar. Já no modo Multiplayer, este coloca os jogadores a pedalar até à meta numa competição dura, este é o modo mais divertido disponível sem qualquer dúvida. De referir a importância da banda sonora, que está muito boa e dá aquela injeção de adrenalina ao jogador para um desporto tão radical.



A “sala” em Descenders é um campo em que o jogador pode pedalar livremente e explorar, até pode treinar nas três pequenas pistas disponíveis ao seu redor. É aqui que têm a possibilidade de personalizar o jogador e bicicleta, desde os capacetes, toda a roupa e claro decorar as sua bicicleta. Como sendo um jogo realista, nada destas personalizações irá afetar de forma benéfica a bicicleta ou estatísticas do jogador, servindo específicamente para alterar o aspeto do ciclista ou do veículo. Algo que não se compreende é o facto da ausência de géneros, tendo como pré definido um homem somente.

Um ponto extremamente positivio é o facto de as pistas todas serem aleatórias, se por um lado isto refresca imenso a jogabilidade para não cair na repetição, verdade seja dita que para alguém se tornar experiente na pista X ou Y, como é evidente, nunca o será, pois nenhuma pista será igual à anterior, no mínimo semelhante. O jogador nunca poderá dedicar-se a uma pista e bater aquele tão desejado recorde contra o seu amigo/colega online.


Aquilo que o jogo oferece é bastante bom para os fãs, a jogabilidade é realista, cada ligeiro toque pode ditar a queda do piloto e sofrer com isso nos pontos de reputação. O foco é mesmo o jogador percorrer a pista como se estivesse numa pista real e ter todo o cuidado para chegar à meta. Pode não ser um jogo para todos mas, para quem for fã do género, tem aqui um bom jogo para passar tempo no seu desporto de eleição, visto que as pistas são criadas de forma aleatória, é no fundo, um jogo com pistas infinitas.

Nota: análise efetuada com base em código final do jogo para a PlayStation 4, gentilmente cedido pela No More Robots.
Descenders Descenders Reviewed by Patrício Santos on 15:00 Rating: 5

Latest in Sports