Mario & Luigi: Bowser's Inside Story + Bowser Jr.'s Journey


Há já 16 anos que a saga de RPGs dos irmãos Mario e Luigi tem-nos levado a aventuras inesquecíveis. Desde o lançamento de Superstar Saga temos vindo a conhecer o mundo dos sonhos de Luigi, fazer viagens no tempo ou até mesmo cross-overs com o universo de Paper Mario, mas talvez uma das aventuras mais bizarras foi em Bowser's Inside Story na Nintendo DS, em que o duo viajava para o interior do seu arqui-inimigo, Bowser. Esse título está agora de regresso na 3DS, um remake principalmente visual e com algumas surpresas!



Tal como o nome assim indica, o ponto focal desta aventura é uma viagem literalmente ao interior do feroz vilão. Tudo começa quando uma misteriosa condição levou a alguns toads ficarem enormes, coincidindo com o regresso de Fawful, que oferece um misterioso cogumelo a Bowser. O vilão viaja então para o Mushroom Kingdom e, sem conseguir parar, inala tudo o que está à vista: árvores, rochas, partes de edifícios e ainda os habitantes do reino! Com essa premissa o duo magnífico de canalizadores, Peach e vários habitantes do seu reino se vêm forçados a entrar para dentro do corpo do Bowser, onde rapidamente fazem questão de construir toda uma cidade operacional lá dentro.

Em poucos minutos de jogo já temos noção do quão estranha vai ser a aventura, mas surpreendentemente o interior de Bowser é extremamente bem construído. A sua exploração lembra-nos os tradicionais jogos de plataformas de Super Mario não só com muitas caixas e armadilhas pelo caminho, mas também centenas de inimigos para derrotar e ainda alguns enigmas ou puzzles por resolver. Mas não é aqui onde o jogo brilha mas sim no exterior: uma aventura de Bowser onde controlamos o velho vilão numa aventura incrível enquanto ele tenta retomar controlo do seu castelo. É certo que se voltamos à raiz dos RPGs de Mario encontramos Bowser em Super Mario RPG, mas desta vez todo um RPG à volta de Bowser é, simplesmente, único!

 

A jogabilidade é idêntica ao que o resto da série tem vindo a apresentar ao longo de todos estes anos: Mario e Luigi têm um botão designado apenas para eles, não só para usar enquanto exploramos mas também dentro dos combates, com movimentos rítmicos e ataques que testam a nossa destreza e aos poucos os nossos heróis vão adquirindo cada vez mais super poderes de modo a enfrentar todo um conjunto de perigos que lhes aparecem pela frente. Do mesmo modo controlamos Bowser, embora este seja controlado sozinho mas compensa por uma maior diversidade de ataques. Também ele vai desbloqueando novas habilidades à medida que progredimos na história, desbloqueadas enquanto Mario e Luigi exploram e "concertam" partes do corpo de Bowser. O melhor destes combates é quando os 3 personagens combatem em equipa: isto acontece principalmente contra bosses, em que Bowser suga os inimigos, estes ficam presos no seu interior e cabe a Mario e Luigi dar cabo deles!

Um dos momentos mais épicos é quando Bowser, após alguma intervenção dos novos habitantes do seu interior, cresce de tal forma que se transforma num gigante! Esta batalha especial é bastante simples com controlos que se baseiam no uso do touch-screen, mas os seus combates contra gigantes e até o seu próprio castelo são dos momentos mais memoráveis. Acaba por ser em si um mini-jogo, o que juntamente com outros tantos com que vamos lidando durante a aventura transforma-se numa grande diversidade de coisas a fazer, para além de seguir a história e todos os seus combates. A grande novidade é a história de Bowser Jr., um jogo em paralelo semelhante aos Bowser Minions que encontramos no remake de Superstar Saga, com uma jogabilidade bastante semelhante. Certo, é mais um extra que não é assim tão relevante, mas é uma boa adição que aumenta ainda mais as coisas diferentes que encontramos no jogo.


Mas onde o jogo brilha ainda é na sua narrativa, uma excelente e cómica escrita que coloca Bowser no papel de um herói credível contra a sua própria vontade (ele só queria o seu castelo e fazer o que lhe apetecesse). Mario e Luigi acabam por ser personagens secundárias neste título embora sejam os heróis do jogo, e passamos tanto tempo a jogar com Bowser que tudo gira à sua volta, mesmo quando passamos a aventura a trocar entre controlar os irmãos e o vilão. O modo como ele tem de lidar com tarefas chatas e missões "aborrecidas", dar ordens nos seus escravos mas ninguém parece o levar a sério, levar raspanetes de personagens variadas criam momentos hilariantes, semelhantes aos que a série nos entregou em todos os seus títulos. Mas muito infelizmente, tal como aconteceu com o remake de Superstar Saga, este jogo não conta nem com a localização para português e também não temos o efeito 3D que tão bem funcionou noutros jogos da série na 3DS. Em contrapartida temos funcionalidades com amiibo que servem como uma ajuda extra tanto na aventura principal como em Bowser Jr.'s Journey, mas não são propriamente relevantes.


Há muita coisa boa para encontrar em Bowser's Inside Story e é fácil perceber porque é que, ainda hoje, é o favorito de muitos fãs da série! Talvez seja estranho saltarem um remake de Partners in Time mas receber esta aventura onde lidamos com os problemas causados por Fawful, sente-se que é uma sequela quase direta ao primeiro jogo da série. Estamos em 2019 e a 3DS ainda recebe um excelente título com horas de diversão e muitas surpresas, uma aventura única e que faz com que praticamente todos os jogos da série Mario and Luigi estejam disponíveis na 3DS. Falta apenas Partners in Time, mas quem sabe se essa não será uma surpresa a caminho?

Nota: Esta análise foi efetuada com base em código final do jogo para a Nintendo 3DS, gentilmente cedido pela Nintendo.
Mario & Luigi: Bowser's Inside Story + Bowser Jr.'s Journey Mario & Luigi: Bowser's Inside Story + Bowser Jr.'s Journey Reviewed by Nuno Mendes on 06 março Rating: 5

Latest in Sports