Traffix


Desenvolvido pela Infinity Games e em colaboração com a Nerd Monkeys, Traffix é o mais recente título totalmente feito em Portugal a chegar à Nintendo Switch. Um jogo que, como o próprio nome indica, promete resolver uma série de problemas de gestão de tráfego nos mais elaborados sistemas de trânsito.

Antes de mais, importa referir toda a estética do jogo, que é um excelente trabalho minimalista, desde o logótipo até ao jogo propriamente dito. A própria ideia do nome, de gestão de tráfego até "Traffix", transmite imediatamente a ideia de se tentar resolver os problemas de trânsito, com a imagem a mostrar um carro a passar o cruzamento como se fosse um penso a cuidar uma ferida.

O conceito de Traffix é tão simples e eficiente como toda a sua apresentação, o que não significa que seja fácil. Toda a jogabilidade consiste na gestão de semáforos, controlados a partir dos botões do comando a que ficam associados. De forma resumida, nos mais variados (e complicados) nós de trânsito, existem as viaturas apresentadas a branco, controladas pelos semáforos geridos pelo jogador, e as restantes, a preto, sobre as quais não existe qualquer controlo e por isso têm sempre prioridade. O objetivo é ir deixando passar, aos poucos, as viaturas brancas, evitando quaisquer colisões.

Parece simples, certo? Em cada semáforo, existem 3 opções: vermelho, amarelo e verde. No início, todos estão a vermelho, interrompendo assim a circulação das viaturas brancas. Com um clique no botão correspondente, o semáforo ficará amarelo, deixando passar apenas uma viatura e regressando logo ao vermelho. Já o duplo clique muda o sinal para verde, podendo passar todas as viaturas até que o jogador volte a clicar. O problema: os condutores não têm muita paciência, pelo que se ficarem demasiado tempo à espera irão ter um ataque de nervos. Com a consola em modo portátil, é também possível controlar o trânsito utilizando o touch screen.

Apesar da tranquila musiquinha de elevador no menu principal, este consegue ser tudo menos um jogo relaxante, especialmente à medida que se vai avançando. Ao todo, existem 32 níveis, cada um representativo de uma cidade diferente, sendo que o desafio final é Lisboa (porque será?...). Ter de controlar múltiplos semáforos, evitando tanto os acidentes como os impacientes, exige tanto de concentração como de paciência. Para quem achar fácil, porém, existe um modo caótico, no qual à mais pequena falha o jogador é derrotado.

Adaptado dos smartphones para a Nintendo Switch, Traffix é uma boa experiência para todos os apreciadores de estratégia em tempo real, que também gostem de pôr à prova a sua paciência e concentração.

Nota: Análise efetuada com base em código final do jogo para a Nintendo Switch, gentilmente cedido pela Nerd Monkeys.

Traffix Traffix Reviewed by Telmo Couto on 09:00 Rating: 5

Latest in Sports