The Pedestrian


Quando se pensa em jogos de puzzle, é fácil cair na ilusão que já se fez de tudo um pouco, até ao momento em que algo novo nos consegue surpreender e agarrar do princípio até ao fim. The Pedestrian é um desses jogos, que mistura puzzles e plataformas numa experiência bastante original e desafiante.

De forma sucinta, o jogo resume-se a um conjunto de puzzles 2D onde uma personagem se vai deslocando ao longo de placas com obstáculos e plataformas desenhadas. As placas, porém, estão separadas entre si, e compete ao jogador criar as ligações entre as mesmas, podendo até mesmo movimentá-las, para depois voltar a controlar a personagem até a levar ao fim de cada puzzle.


Se tudo começa muito simples, bastando movimentar as placas e criar ligações entre elas, aos poucos a sua dificuldade vai aumentando em torno de novas mecânicas e obstáculos no jogo. Há um bom motivo para todo este jogo ser apresentado num belíssimo ambiente 3D, pois os próprios locais onde as placas se encontram podem criar obstáculos na sua movimentação, por exemplo. Além disso, os cenários servem também de comunicação com o jogador, explicando novas mecânicas sem qualquer necessidade de texto ou narrador.

Ao todo, o jogo conta com 6 capítulos (mais um "final") compostos por vários puzzles e desafios, mudando também o ambiente em redor. Em cada nova área, vão sendo introduzidas as novas mecânicas sem que as anteriores sejam postas de lado, pelo que a complexidade vai sendo cada vez maior. Se no início parece algo simples e descontraído, a verdade é que depois consegue realmente fazer os jogadores parar e pensar em como avançar, às vezes naquilo a que chamamos "fora da caixa": todas as mecânicas de jogo aprendidas são importantes, dentro e fora das placas onde se movimenta o personagem.


Este é um título para durar cerca de 6h a completar, uma boa longevidade sem que os puzzles nunca se tornem repetitivos, pois seria fácil cair na tentação de o prolongar com "mais do mesmo". Há sempre uma sensação de surpresa, um enorme prazer de jogar até ao final. Algo difícil de explicar apenas com trailers, mas felizmente o jogo conta com uma demo gratuita no Steam, que facilmente agarrará qualquer apreciador do género.

Desenvolvido pelo pequeno estúdio indie Skookum Arts, é um jogo com uma belíssima apresentação visual e um intuitivo sistema de controlos, tanto com rato e teclado como via comando. Peca apenas pela banda sonora que, embora bastante agradável de se ouvir, por vezes deixa o jogador em prolongados momentos de silêncio. E quando isto é o único defeito a apontar...


Desafiante, mas sem nunca se tornar frustrante, The Pedestrian irá envolver e surpreender qualquer jogador do princípio ao fim. Disponível apenas para PC atualmente, este é um daqueles jogos que merece, aliás, precisa de chegar um dia às mais variadas plataformas, para que todos os apreciadores de puzzles o possam vir a jogar.


Nota: Análise efetuada com base em código final do jogo para PC via Steam, gentilmente cedido pela Skookum Arts.
The Pedestrian The Pedestrian Reviewed by Telmo Couto on 14:30 Rating: 5

Latest in Sports