WRC 8 - The Official Game


WRC 8 é o mais recente videojogo oficial da WRC, o famoso Campeonato Mundial de Rally. Um competição motorizada que chega em força para agradar todos aqueles que apreciam um belo jogo de rally puro e duro. Já disponível para PS4, Xbox One e PC, chegará também à Nintendo Switch em novembro e tenciona conquistar o trono no que diz respeito aos jogos do género.

Este é um título que está repleto de modos de jogo e eventos, mas há um em especial que necessita de destaque - já lá vamos. O Quick Play, para aqueles que querem disfrutar de uma rápida sessão de jogo. é também uma boa maneira de iniciar e ficar a conhecer o jogo. Para a minha primeira experiência, selecionei de imediato o Rally de Portugal e o circuito de Fafe, perto da minha cidade de Guimarães. Conheço bem a pista de já ter assistido, o que fez com que ficasse ainda mais impressionado com a adaptação no videojogo. Quem segue o rally irá reconhecer, no mínimo, aquele salto incrível com que todo o mundo fica rendido no circuito de Fafe. Mas para além deste, também está o circuito de Lousada, onde também já tive o prazer de assistir a tardes de rally cross com o meu pai e irmão, posso confirmar que está devidamente representado. Como sempre, existem vários outros países representados, como Turquia, Itália, País de Gales e o excelente Rally de Monte Carlo.


De todos os modos incluídos no jogo, o mais fantástico é, sem a menor dúvida, o modo carreira. Ao iniciar, o jogador terá de passar meia dúzia de treinos, sem os quais não daria para se ter a noção do desafio que WRC 8 é. Após estes treinos básicos, o jogador terá de enfrentar a realidade, que será dura, duríssima.

Para começar a carreira, terá de se realizar um contrato inicialmente com a Ford, começando assim por se ser um piloto novato/amador e que terá de provar à marca o quão bom é, com vários objetivos a cumprir. O relacionamento com o outorgante e a prestação estão em causa, por isso é necessário realizar vários objetivos para que o contrato não seja rescindido. O jogador terá de se esforçar para ficar numa boa posição da tabela classificativa, senão será despedido no fim da época e terá de efetuar um outro contrato. Para além disso, terá de se pagar despesas e não são poucas. Tendo um veículo para manter, o jogador terá de contratar uma boa equipa, e mesmo esta terá de descansar quando necessário. Os danos do veículo também ficam a cargo do piloto, assim sendo, há um montante elevado a ser pago por tudo. Não é pertinente quebrar o carro nos eventos, pois no final, o piloto é que paga.

Mas isto de quebrar o veículo tem que se lhe diga. Existem duas opções, uma delas é completamente realista e o carro com o mínimo dos danos vai praticamente para a sucata, ou então um modo mais aceitável que terá em consideração aqueles que não são tão habilidosos e que acaba por ser mais jogável. Caso para dizer que um jogo demasiado realista, só vai frustrar os jogadores tendo em conta que ou se conhece as pistas dum lado ao outro, ou não se terá hipótese de esquivar de buracos e efetuar curvas perfeitas, porque simplesmente não é possível.


Ainda neste modo, é possível fazer upgrades aos mecânicos para estarem mais aptos e serem mais eficientes. Depois existe o calendário ao qual o jogador poderá escolher um dos vários eventos existentes em cada um dos dias, desde treinar, descansar ou realizar provas históricas especiais. Nestas últimas, o jogador irá conduzir carros de outras gamas como o clássico Lancia Stratos que não podia estar mais realista, o Renault Alpine A110 e o mítico Lancia Delta, entre outras máquinas mais potentes. Estas provas também ajudam a ganhar dinheiro extra, enquanto que ao tirar um dia de descanso, não se obterá nem experiência nem dinheiro, o que faz sentido. O jogador terá disponível as estatísticas onde poderá verificar o seu relacionamento com o outorgante e como tem desenvolvido as suas capacidades ao longo da época. Este é um modo simplesmente genial com aspetos únicos e que irá certamente prender qualquer jogador ao comando.

Quanto aos modos restantes, podem-se realizar treinos, jogar uma só época, ou aceder ao modo online que permite combater recordes de outros jogadores e até eventos especiais semanais. Para quem desejar jogar com alguém ao lado, existe um modo split screen que divide o ecrã para umas corridas a dois.

Tendo jogado a versão para PlayStation 4, confesso que dentro do género nunca vi nada tão realista até à data. WRC 8 é impressionante, tanto visualmente como a nível de jogabilidade e vício. Para quem conduz, é incrível como os lençóis de água são dos mais realistas que pude experienciar até hoje. O carro foge completamente, o jogador perde o controlo e facilmente irá despistar-se. Um pequeno buraco pode ditar um furo ou o capotamento do carro. Subir o lancil pode virar o carro do avesso ou até fazer este voar. São estes pequenos detalhes que vão deixar os fãs acérrimos deste desporto impressionados. Embora possa até ser frustrante às vezes, não deixa de estar totalmente realista. Talvez o problema seja mesmo as colisões menos realistas quando o carro capota, no entanto os pequenos detalhes tornam WRC 8 uma loucura só de assistir. Recordo-me de ter as mãos suadas de jogar e pensar que com um volante, isto seria a verdadeira experiência do rally. Sem falar das condições climatéricas adversas e o grafismo da chuva que estão completamente um fenómeno.


WRC 8 chega com intuito de apaixonar os fãs e de até criar novos. Mesmo aqueles que há uns anos atrás deixaram de jogar títulos do género, pode muito bem vir a chamar os velhos jogadores que tanto amaram o rally nos tempos do Colin McRae, apesar da sua dificuldade extrema. Ainda por cima temos o Rally de Portugal disponível. Um jogo simplesmente espetacular.

Nota: Esta análise foi efetuada com base em código final do jogo para a PlayStation 4, gentilmente cedido pela Upload Distribution.
WRC 8 - The Official Game WRC 8 - The Official Game Reviewed by Patrício Santos on 13 setembro Rating: 5

Latest in Sports