Call of Duty: Warzone


Um dos mais famosos FPS dos últimos anos, para não dizer mesmo o mais famoso, Call Of Duty chega para tentar derrubar a sua concorrência no que diz respeito aos Battle Royale gratuitos no mercado. Desta vez a Infinity Ward trouxe aos jogadores Call of Duty: Warzone, totalmente gratuito e com cross play entre plataformas. Assim que este jogo se encontrou disponível, o número de jogadores a aderir foi enorme e o facto de ter cross play fez com que todo o mundo tivesse a curiosidade de o instalar e jogar.

COD: Warzone está realmente muito bom, embora existam apenas 3 modos disponíveis: o Battle Royale a solo, o Battle Royale por equipas e o fantástico Plunder. O Battle Royale é o típico e dispensa apresentações, este pode ser jogado em equipas de 3 ou a solo, o que tem de engraçado e diferente dos outros é apenas o facto de poder voltar ao campo de batalha após um duelo na prisão de Gulag quando se é eliminado a primeira vez no Battle Royale, dando assim, chance de o jogador sair vitorioso após a primeira perda. Descartando este modo que não apresenta muitas novidades, o modo que mais me fez jogar este COD foi o espetacular Plunder.


Este modo consiste em arrecadar 1 milhão de dólares na conta para que a equipa saia vencedora. Para tal, jogando em equipas de 3, é necessário recolher o máximo de dinheiro possível para ganhar a partida. Como é jogado em equipas, o cenário vira um verdadeiro texas no far oeste, pois toda a gente quer arrecadar o máximo eliminando os adversários e roubando assim o dinheiro arrecadado. Para depositar o dinheiro amealhado de forma segura sem o perder, é necessário chamar um helicóptero que se encontra em zonas específicas usando um flare. Assim que uma equipa chama o helicóptero a acção aquece a valer e durante largos minutos o tiroteio é a sério nessa zona, de forma a poder eliminar e roubar todo o dinheiro amealhado pelos adversários e no final depositar no helicóptero. Neste modo os jogadores têm um tempo determinado para fazer respawn e continuar na partida ao contrário do Battle Royale.


Se jogaram o COD: Modern Warfare 2019, a jogabilidade encontra-se igual e é uma vez mais, um vício que me deixou largas horas a jogar estes últimos dias juntamente com dois amigos. Não posso dizer que sou o melhor nem o maior aficionado neste género de jogo que encontrou agora uma fórmula de sucesso mas, verdade seja dita, para jogar com dois amigos online, este é realmente um jogo que irá deixar os jogadores agarrados horas a fio, especialmente nesta época de quarentena.

Ainda por cima, grátis!
Call of Duty: Warzone Call of Duty: Warzone Reviewed by Patrício Santos on 16:00 Rating: 5

Latest in Sports