Mario Tennis Aces


Um jogo fundamentalmente multijogador decide arrancar diretamente para o modo campanha? Parece arrojado, mas é assim que Mario Tennis Aces começa quando é jogado pela primeira vez. Se o último jogo da saga foi criticado pela falta de conteúdo, agora a Nintendo quer certificar-se de que todos notam a diferença logo ao primeiro impacto com a chegada da série à Nintendo Switch.

Tudo começa num dia normal para Mario e Peach, uma dupla imbatível de tenistas que acaba de vencer mais um campeonato. Tudo vai bem, até que a cerimónia é interrompida por Wario e Waluigi, possuídos pela alma de Lucien, um maléfico espírito dentro de uma raquete, que quer recuperar o poder de controlar livremente as pessoas contra a sua vontade. Cabe a Mario, juntamente com o assistente Toad, partir à aventura para travar o plano do Lucien!

Assim começa o Adventure Mode, que logo a seguir nos leva a um detalhado tutorial com todas as mecânicas deste jogo. Zone Shot, Zone Speed, Trick Shot e Special Shot são novos conceitos que alteram significativamente a jogabilidade e, por isso, deverão ser bem dominados antes de progredir com a aventura ou saltar para o multijogador.


Esta campanha pode não parecer muito extensa ao início, com relativamente poucos níveis para oferecer, mas a sua dificuldade e a diversidade dos níveis e temáticas torna-a bastante envolvente. Não se tratam apenas de partidas de ténis, mas também de minijogos e lutas contra bosses, que além de serem interessantes em termos de conteúdo, têm a finalidade de ajudar a melhorar a técnica de jogo. Também por isso, a dificuldade é bastante superior ao que seria esperado de um amigável jogo do Mario.

A cada partida, o Mario recebe experiência para subir de nível e, assim, melhorar as suas estatísticas. Isto poderá facilitar o progresso no jogo, juntamente com as raquetes especiais que podem ser adquiridas ao completar certas missões. Estas conquistas não se irão refletir fora deste modo, mas em contrapartida serão desbloqueadas arenas e personagens para o multijogador. O melhor desta campanha é a forma como enriquece todo o jogo, oferecendo algo além do simples ténis com as suas variantes.


No que se pode considerar um modo "single player" mais convencional, o modo Tournament é uma boa opção para quem quer jogar uma série de partidas contra o CPU, um pouco ao estilo dos Grand Prix no Mario Kart. Começa com uma Mushroom Cup super fácil para os iniciados, mas nas Flower e Star Cups já se encontra uma maior dificuldade. O jogo irá inclui também, na data de lançamento, um modo Online Tournament, que não foi possível testar para esta análise.

Já o menos convencional de todos os modos será o Swing Mode, onde até 4 jogadores se podem defrontar na mesma consola, com um joy-con em punho (em setembro, após uma atualização, será também possível fazê-lo com mais de uma consola em modo wireless). Infelizmente, o jogo não traduz a simplicidade do clássico Wii Sports no que diz respeito aos controlos por movimento, detetanto o mais pequeno gesto como o início de carga para um swing. É perfeitamente jogável, mas não oferece o imediatismo que poderia fazer deste um modo extremamente popular.


Free Play, finalmente, é o modo que mais frequentemente será utilizado pelos jogadores, quer queiram jogar contra o CPU ou contra outros jogadores, localmente numa ou múltiplas consolas ou até mesmo online. Antes de cada partida, além da escolha de personagens, é possível escolher um conjunto de regras para personalizar a experiência, incluindo o sistema de jogabilidade standard (com todas as novidades deste Mario Tennis Aces) ou o básico, um mais simples onde não há ataques especiais.

Ao jogar online, é possível convidar amigos ou jogar contra pessoas de todo o mundo, mas nesta versão de pré-lançamento é difícil avaliar a qualidade do sistema. Está prevista uma atualização no dia de lançamento que irá melhorar significativamente a experiência online mas, para quem estiver de pé atrás por causa de problemas de conectividade em modo portátil, o melhor será aguardar pelo feedback da comunidade após o lançamento.


Mario Tennis Aces é um bom regresso à forma de uma série cujo destino parecia tremido após a última iteração, com uma sólida experiência para um jogador e um multijogador bastante divertido e até um pouco viciante. Uma recomendação fácil para quem procura um jogo divertido de ténis sem a exigência do realismo que se procura num simulador.

Nota: Esta análise foi efetuada com base em código de review do jogo para a Nintendo Switch, gentilmente cedido pela Nintendo.
Mario Tennis Aces Mario Tennis Aces Reviewed by Telmo Couto on 20 junho Rating: 5

Latest in Sports