ONRUSH


Nunca tinha ouvido falar no ONRUSH até ao dia em que me veio parar às mãos para analisar. "Mais um jogo de corridas? OK", pensei na minha ingenuidade. Surpresa, surpresa: é super divertido, mas não é sequer um jogo de corridas!

O novo título da Codemasters para Xbox e PS4 até pode ser um jogo "de carros", mas efetivamente não é um jogo de corridas. Não há sequer uma meta para alcançar em primeiro lugar, mas há uma equipa adversária para derrotar, como se o circuito fosse uma arena onde se praticam várias modalidades. Desde os menus de jogo à própria jogabilidade, é impossível não encontrar referências a jogos como Overwatch e Rocket League, mas mesmo assim consegue ser surpreendente.

Resumidamente, este é um jogo de competição onde duas equipas com até seis viaturas se defrontam num circuito de motorsports. Aqui vale tudo, menos ir contra as paredes ou outros obstáculos, sendo perfeitamente válido abalroar os adversários para os colocar temporariamente fora de jogo. Há um modo para um jogador, no qual é possível aprender e praticar todas as modalidades, assim como dominar as viaturas. Aliás, o jogo tem um tutorial excelente, acompanhado por uma divertida narradora e que poderia servir de exemplo para muitos destes títulos online que esperam que o jogador vá adivinhando os controlos enquanto é trucidado pela competição.


Ao todo, são quatro modos de jogo que podem ser levados à competição, começando pelo mais básico que é o Overdrive. Aqui simplesmente basta ser a equipa que, no seu conjunto, mais vezes utilizou o "boost" para conduzir mais depressa, algo que exige boa condução e alguns truques com o veículo de forma a encher a barra de "boost". Colocar um oponente fora de jogo dá-lhe uma penalidade de alguns segundos, colocando assim a sua equipa em desvantagem.

Já os modos restantes oferecem alguma variedade, como o Lockdown, onde a equipa deverá controlar uma área em movimento durante alguns segundos para acumular pontos, ou o divertido Countdown, onde os veículos devem passar por entre postes virtuais de forma a "ganhar tempo" contra um relógio que não pára de contar em formato decrescente. O modo Switch (não confundir com a consola) é talvez o menos divertido, pois obriga a começar numa mota e ir trocando por uma viatura maior de cada vez que se perde o jogo.

ONRUSH oferece uma grande dose de adrenalina, mesmo com gráficos notavelmente inferiores ao que se vê em muitos jogos de jogos de corridas na PS4 e Xbox One. Já a fluidez, o mais importante num jogo deste género, revelou-se bastante sólida numa PlayStation 4 de modelo standard. Há algumas coisas por polir e até o modo "ranked" não se encontra ainda disponível, pelo que a Codemasters ainda tem algum trabalho pela frente, incluindo novos modos de jogo e cenários para visitar. Mesmo os modos atuais irão merecer alguma afinação, pelo que é de se esperar que o jogo vá tendo um longo ciclo de suporte e atualizações ao longo do tempo.


Se procuram um simulador de corridas, este não será, definitivamente, para vocês. ONRUSH é um jogo com uma energia contagiante e que tanto serve para umas partidas rápidas como para se perder horas a subir de nível e desbloquear "loot boxes" para personalizar a viatura. Sendo um título maioritariamente online, o seu sucesso dependerá imenso da adesão da comunidade que, por enquanto, parece estar a gostar do jogo - o que não é de espantar, ao ver a forma como agarra o jogador!

Nota: Esta análise foi efetuada com base em código final do jogo para a PlayStation 4, gentilmente cedido pela Ecoplay.
ONRUSH ONRUSH Reviewed by Telmo Couto on 27 junho Rating: 5

Latest in Sports