Football Manager 2020


Artigo por André Santos

Com mais uma época desportiva, na modalidade de futebol 11, nasce também mais uma edição daquele que é o simulador favorito de muitos e o vício de outros tantos. Com a época natalícia a aproximar-se, e com ela a pausa de Natal para as competições futebolísticas no nosso país, estivemos, durante as últimas semanas, a jogar Football Manager 2020 para vos conseguir dizer se valerá a pena adquirir a nova edição do simulador pois as mudanças são de facto essenciais, ou se será apenas uma atualização aos planteis de cada uma das equipas e pouco mais...


Vamos diretos ao assunto, até porque nesta altura do campeonato, caso sejam verdadeiros fãs, foram muitas as horas que já consumiram de FM20, seja através de artigos escritos ou de vídeos nas diferentes plataformas de stream. Ao abrir o jogo pouco muda, o menu inicial mantém-se o mesmo, permitindo jogar os mesmos modos e não apresentando nada de novo.

Depois de o espanto inicial de um ver um jogo tão acarinhado pelos fãs manter o seu aspeto de há uns anos lá fomos começar uma carreira. Sim, existem modos de carreira online ou até o modo draft, mas a verdade é que maior parte dos treinador virtuais optam por jogar o modo carreira: pegar na sua equipa, ou mesmo na equipa da sua cidade, e tentar chegar ao topo do futebol mundial... é este o sonho correto?

Ao abrir o modo carreira, somos levados a escolher as ligas que queremos, se as queremos jogáveis ou apenas visíveis (tal como nos anos passados) e claro, depois chegou a hora de personalizar o nosso treinador, de nos criamos virtualmente. FM20 apresenta-nos a possibilidade de fazer upload de uma qualquer fotografia nossa (ou de qualquer outra pessoa, quem é que nunca sonhou ser Jorge Jesus?) e assim criar o nosso "eu" virtual o mais realista possível. Ou então não, não sendo este recurso uma novidade esperávamos ter alguma evolução quando comparado com Football Manager 2019, mas a verdade é que continua igual e algumas das fotografias que tentamos reproduzir na cara do nosso treinador ficaram muito aquém das expectativas, principalmente se usarem óculos. 


Ao seguirmos para a liga e começarmos com a preparação de pré-época começamos a perceber que pouco foi alterado neste FM20. As três grandes alterações neste novo título da franquia são fáceis de resumir e só uma, na nossa opinião, é que de facto melhora a forma como interagimos com Football Manager.

Melhorias no Staff - Em FM20 os produtores do jogo ouviram não só os fãs, mas quem trabalha diretamente no mundo futebol, isto fez com que as melhorias apresentadas no staff de cada um dos nosso clubes sejam visíveis. Temos agora mais ajudas no que toca à escolha do plantel para cada um dos jogos com indicações específicas para cada um dos jogadores. Algo que facilita a forma como jogamos e como mais proveito tiramos do jogo é o facto de aqui conseguirmos aceitar as sugestões com maior facilidade através das notícias que recebemos diariamente.

Neste campo específico, embora as melhorias sejam interessantes não fazem com que seja este FM20 seja obrigatório, mas continuando...

Melhorias gráficas - Embora a Sports Interactive tenha mencionado as melhorias gráficas como parte do pacote de upgrades feitos a FM20, quando comparado com o título do ano passado, a verdade é que a única melhoria que conseguimos de facto perceber é o ambiente nos estádios quando jogamos no modelo 3D, isso e o relvado que acaba por ficar em piores condições com o decorrer da partida caso o tempo esteja chuvoso. Estamos em 2020, os computadores que temos disponíveis atualmente são verdadeiras máquinas, será pedir muito ter um motor gráfico que aproxime  Football Manager à visão que temos de títulos como FIFA 20 ou eFootball PES 2020? Ou vamos ficar presos ao futebol de caricas para sempre? É que com o atual aspeto gráfico, acaba por ser mais prazeroso ver o jogo com a vista 2D.


Embora existam melhorias em no tipo de contratos que podemos dar a jovens promessas, podendo agora definir o seu futuro com maior exatidão e com uma verdadeira progressão contratual, queremos passar diretamente para aquilo que realmente faz com que este FM20 seja melhor que o seu antecessor:

Visão do Clube - Se até aqui, ao início de cada época, apenas podíamos definir os planos para essa mesma época agora as coisas estão a mudar, dando-nos maior controlo sobre o nosso clube e até mesmo sobre a nossa carreira.

A partir deste ano, temos presente no jogo um plano a 5 anos. Como funciona? Imaginem que pegam no clube da vossa terra, vamos dizer o F.C. Penafiel. Este clube está agora na LigaPro (segunda liga portuguesa), então, no vosso plano a 5  anos, vão poder programar o vosso percurso no clube bem como o caminho a percorrer pelo clube em si... tanto a nível desportivo como a nível financeiro.

Continuando com o exemplo do Penafiel, no primeiro ano o vosso objetivo pode ser a subida de divisão com poucos gastos em jogadores, apostando em jovens promessas. Já o segundo ano pode ser a manutenção na primeira liga investindo um pouco mais em jogadores. Para o terceiro e 4 ano podem definir o rumo como ficar a meio da tabela e depois nos lugares de acesso à Europa e ainda vender alguns dos jogadores que começaram a desenvolver logo no primeiro dos 5 anos.


Por fim no quinto ano podem definir a vitória no campeonato como objetivo principal, gastando mais dinheiro em jogadores, pois vão ter retorno desse investimento com os prémios pelas vitórias em diferentes competições e até mesmo com a qualificação direta para a Liga dos Campeões.

Ao longo dos 5 anos vão recebendo classificações relativas ao vosso desempenho em cada uma das categorias. Este aspeto é bastante importante, principalmente estando estas notas divididas por categorias, pois só assim conseguimos saber onde realmente precisamos de melhorar.

É aqui que FM20 realmente ganha, dando-nos mais controlo sobre o jogo, sobre o nosso clube e sobre a nossa carreira como treinadores. Tornando o jogo ainda mais cativante, mesmo para quem já está ligado ao mundo da simulação futebolística há mais de uma década.

Para finalizar temos que responder à questão que começamos por deixar em aberto no início da análise, será que Football Manager é uma compra obrigatória para quem já tem Football Manager 2019? A resposta é complicada, caso tenham FM19, mas também tenham FM18 e todos os outros que chegaram antes, é possível que FM19 seja jogo para vocês, as atualizações não trazem muitas mudanças, mas as que trazem são suficientes para vos cativar. Caso tenham FM19 e apenas joguem de vez em quando, FM20 não traz nenhuma atualização que valha a pena correr para comprar, já que não são jogadores hardcore do título de simulação.


Caso não tenham nenhum dos Football Manager e queiram agora entrar para o mundo da simulação, aí sim comecem por FM20, a diferença de preços entre edições pode ser alguma, mas faz sentido adquirir a versão mais atualizada, para que assim consigam captar toda a alma de Football Manager.

Football Manager 2020 já se encontra disponível para Windows PC, MacOS e Google Stadia (infelizmente não em Portugal). Existe ainda uma versão Touch e dispositivos móveis ou computadores híbridos, assim como para Nintendo Switch.

Nota: Análise efetuada com base em código final do jogo para PC, gentilmente cedido pela Ecoplay.
Football Manager 2020 Football Manager 2020 Reviewed by Telmo Couto on 12:30 Rating: 5

Latest in Sports