Wreckfest


Wreckfest é, como o nome indica, uma festa de destruição de carros de corrida e até, cortadores de relva!

Era eu miúdo e jogava um dos jogos mais populares na PlayStation original, Destruction Derby, um velho clássico divertido e viciante. Foi por isso mesmo um enorme prazer pegar neste Wreckfest, sem dúvida um grande título do mesmo género, sendo sucessor espiritual da série FlatOut. Originalmente lançado para PC, chega agora às consolas e com muito mais para oferecer em termos de conteúdo.

Wreckfest é um mimo não só para os amantes de corridas como qualquer jogador que se queira divertir e viciar em algo que mistura as corridas normais com destruição e eventos especiais, que colocam os veículos em arenas para a destruição maciça como se fossem gladiadores. O jogo tem uma variedade imensa, desde as viaturas às sessões de corrida, carregadíssimo de conteúdos e momentos de pura diversão.


Wreckfest não pede aos jogadores para conduzir bem, aliás compensa até se o jogador derrubar os adversários pela corrida fora. A intenção é, como evidente, chegar-se em primeiro lugar, mas pelo caminho incentiva derrubar tudo e todos.

O veículo principal é o "muscle car" americano e japonês, no entanto há uma variedade de veículos que não se encontra em qualquer outro jogo do género. De recordar que o primeiro contacto que tive com o Wreckfest foi de jogar com um cortador de relva a motor, numa batalha até à “morte”. Derrubar os jogadores destruindo-lhes o seu cortador de relva e ver os pilotos a voar foi hilariante! Depois disso, iniciei um evento em que já se tratava de uma corrida relativamente normal, com os "muscle cars" que se empurravam uns aos outros de forma a chegar à meta em primeiro, uma verdadeira batalha até chegar ao final, o que deu aquela sensação de adrenalina.

Mas não se joga apenas com estes dois veículos, existem autocarros, carros de três rodas e muito mais, sendo que a jogabilidade varia com cada um deles. Por exemplo conduzir um veículo que contenha um só pneu na frente e de tração às traseiras, o carro escorrega e não é pouco. Mas no geral, a jogabilidade de todos está espetacular e, se o jogador tiver problemas com qualquer coisa, pode alterar a suspensão e outros detalhes para ter uma condução adequada ao seu estilo e ao terreno no qual se encontra a jogar. As pistas são igualmente variadas, terra batida, lama, alcatrão e muito mais.


A inteligência artificial é competente, irá fazer de tudo para derrubar o jogador e, assim sendo, é necessário ter-se habilidade e controlar bem o veículo. Os carros desfazem-se por completo até ao ponto de ficar sem um pneu. Posso afirmar que nunca vi tantos detalhes de peças de veículos a voar pelo ecrã da TV. É preciso ir-se defendendo dos ataques dos inimigos enquanto se concentra no objetivo. Os próprios eventos de arena, exigem ao jogador ser esperto e acertar em cheio no veículo que deseja destruir.

Há ainda toda a opção de se customizar os veículos. É possível pintar com uma quantidade louca de cores e até tunar com pára-choques e ailerons. O carro bem que precisa de alguma proteção para entrar em certos eventos, o que ajuda não só a personalizar o veículo como tornar o mesmo mais protegido. Há eventos para todos os gostos e para além disso, é claro, o online para jogar contra amigos e desconhecidos, o que significa diversão garantida para horas a fio.

Sendo que esta versão de Wreckfest nas consolas é recente, foram adicionadas 4 novas pistas e uma nova Derby Arena. No que diz respeito aos veículos, 5 foram adicionados à já grande quantidade disponíveis. Os eventos foram alargados e o próprio jogo sofreu melhorias em relação à versão previamente lançada em PC, que agora recebe também as novidades através de uma atualização. A única melhoria que deveria ter, embora seja apenas estética e não estrague a experiência em rigorosamente nada, é que sempre que o carro sofre danos no teto, o piloto no interior fica curvado devido à moça do carro, como se o piloto fosse um alienígena.


No final, Wreckfest é um jogo fantástico e impressionante que irá deliciar qualquer jogador que procure diversão e destruição. É simplesmente uma caixa de surpresas que faz ligar a consola e querer todos os dias realizar um ou dois eventos, só pelo simples prazer de jogar e ver tudo pelos ares. Assim sim, dá gosto!

Nota: Esta análise foi efetuada com base em código final do jogo para a Xbox One, gentilmente cedido pela Dead Good Media.
Wreckfest Wreckfest Reviewed by Patrício Santos on 28 agosto Rating: 5

Latest in Sports