Russian Subway Dogs


A mais nova proposta da Spooky Squid Games, Russian Subway Dogs, não poderia ser mais bizarra e humorística. Subway Dogs é um jogo simples no qual assumimos o controlo de um rafeiro que usa uma Ushanka e vasculha pelas inúmeras estações do metro moscovita por comida.

Esfomeado, o apelidado de Russian Dog consegue o alimento que necessita para sobreviver ao ladrar de surpresa aos inúmeros passageiros que chegam nas atarefadas carruagens. Contudo, e como seria de se esperar, tais acções não serão feitas sem algum grau de dificuldade.

Em Subway Dogs, temos duas coisas às quais devemos prestar a devida atenção. Primeiro, a barra de stamina. Esta começa cheia, mas vai diminuindo à medida que o alimento começa a escassear. Uma verdadeira barra de energia, a stamina irá inclusive diminuir se formos atingidos pelas explosivas garrafas de vodka transportadas pelos transeuntes ou agredidos pela irritadiça babushka. O próprio acto de ladrar irá drenar a nossa energia vital. Se a barra de stamina chegar ao fim ainda teremos uns breves segundos para apanhar alguma comida, contudo, e uma vez que a nossa capacidade de acção abranda para passo de caracol, normalmente significa o fim do jogo (uma mecânica que nos faz lembrar a da barra de alimentos do saudoso Adventure Island).

Para evitar isto é necessário que façamos do acto de ladrar, a nossa derradeira arma no jogo, contar. Ladrar aos passageiros de frente por e simplesmente não resulta, mas se for pelas costas a história muda de figura, com as pessoas a largarem o quer que estejam a transportar. Normalmente, será comida. Convém, não apenas por uma questão de sobrevivência ou de pontos, não nos limitarmos a apanhar a comida quando esta caí no solo, mas antes tentar mantê-la o maior tempo possível no ar ou então usar as garrafas de vodka para a cozinhar. O motivo? A comida valerá mais pontos e encherá a nossa barra de forma mais eficiente. Como se não bastasse tudo isto, é necessário ter em atenção redobrada para os outros canitos e animais que deambulam pelas estações. As saltitonas caniches e os ferozes ursos siberianos são particularmente incomodos. Estes irão rivalizar pela comida.


Cada nível tem lugar num único cenário, com as carruagens a trazerem novos transeuntes e adversários. Com um tempo limite apertado, Subway Dogs não tem propriamente um boss final. Em vez disso, o nosso rafeiro deve entrar na última carruagem, ao fim de algum tempo, de forma a progredir para a próxima estação. Todavia, e embora tal sirva para concluir o nível, apenas teremos acesso ao seguinte se tivermos reunido ossos suficientes para tal. Os ossos em questão são obtidos através a execução de determinadas missões que nos são dadas pelo nosso aliado felino, o Polietaricat.

À medida que formos progredindo no jogo, novas personagens e cenários serão desbloqueados para serem usados nos dois modos de jogo de que Subway Dogs dispõe. O primeiro, Campaign, é o modo singular, ao passo que o Endless é o modo online, no qual competimos com outros jogadores pelo primeiro lugar no ranking mundial.


Um jogo que ilustra uma situação real na Rússia, Subway Dogs tem uma música que encaixa bem com o ambiente que os seus belos sprites 8 bits graficamente nos proporcionam. Este é um jogo rápido, desafiante e com uma jogabilidade bastante conseguida. Um vício que poderia tornar-se ainda maior caso seja jogado numa portátil.


Nota: Esta análise foi efetuada com base em código final do jogo para o PC via Steam, gentilmente cedido pela Evolve PR.
Russian Subway Dogs Russian Subway Dogs Reviewed by Ivo Silva on 11 setembro Rating: 5

Latest in Sports