The Liar Princess and the Blind Prince


Quem não tem saudades dos contos de fadas? De descobrir as suas surpreendentes histórias, aventuras e desventuras até ao muito ansiado final feliz? The Liar Princess and the Blind Prince é precisamente um desses contos, mas que aqui nos é apresentado sob a forma de videojogo.

A história começa quando um jovem príncipe se aventura por uma densa floresta, encantado pelo canto de uma jovem loba sob o luar. Os lobos são extremamente temidos, mas como a loba está no cume de um monte, o príncipe não sabe quem está a cantar, mas regressa todas as noites para a ouvir. O problema é que, um dia, ele decide matar a sua curiosidade, escalando o monte para descobrir quem canta. Surpreendida ao vê-lo subir, a loba tenta tapar-lhe a visão com as garras, acabando assim por cegá-lo.

De repente, o conto leva uma grande reviravolta, mas estamos ainda na introdução. Sentindo um grande arrependimento pelo que aconteceu, a loba dirige-se à grande Bruxa da Floresta e sacrifica a sua magnífica voz em troca de uma forma humana. O seu objetivo? Parecer uma princesa e, assim, conseguir trazer o príncipe cego até à Bruxa, para que ele possa recuperar a visão.


Este é um jogo de plataformas onde controlamos a mentirosa princesa-loba para levar o príncipe até ao referido destino, mas pelo caminho irão ocorrer múltiplas peripécias, cuja história não será aqui revelada. Em termos de jogabilidade, a principal mecânica assenta na possibilidade da princesa se transformar em lobo a seu bel-prazer e, assim, eliminar os inimigos que surgem pelo caminho. O príncipe é completamente indefeso e, por isso, é importante protegê-lo.

Conforme se vai progredindo na aventura, vão também surgindo novas interações e vários puzzles assentes nessas mecânicas, como fazer o príncipe aguardar em cima de um interruptor ou segurar certos objetos, por exemplo. Infelizmente, nesta vertente o jogo é bastante desinspirado. A maior parte dos puzzles é bastante desinteressante, sendo que muitos deixam também transparecer a fraca jogabilidade ao nível de controlos.

Uma pena, pois na verdade este é um jogo bastante apelativo, tanto pela sua história como pelos visuais bastante carismáticos. O desenho da personagem lobo, com os dois olhos vistos de lado, é simplesmente delicioso. É um jogo artisticamente excelente, com uma história bonita e envolvente, mas que nunca chega a ser uma experiência gratificante por causa da sua jogabilidade.


The Liar Princess and the Blind Prince é um óptimo conto de fadas e um belíssimo jogo em termos visuais, mas é também uma experiência que certamente não será para todos os jogadores. Pode até dizer-se que é um daqueles casos raros em que a componente de "jogo" acaba por ser o menos interessante de um videojogo.

Nota: Esta análise foi efetuada com base em código final do jogo para a Nintendo Switch, gentilmente cedido pela NIS America.
The Liar Princess and the Blind Prince The Liar Princess and the Blind Prince Reviewed by Telmo Couto on 22 fevereiro Rating: 5

Latest in Sports