AOC AG272FCX: Seis meses com um AGON


Quem acompanha as nossas redes sociais, especialmente o Instagram, já se terá deparado várias vezes com o meu setup de trabalho enquanto editor do Meus Jogos, no qual se destaca este monitor de gaming da AGON, o AOC AG272FCX.

Gentilmente emprestado pela marca para ajudar com a cobertura do Meus Jogos, rapidamente se tornou não só o principal ecrã para jogar em PC e Xbox One, como para trabalhar nas análises e artigos do site. Ao fim de seis meses de utilização diária, venho agora contar-vos de que forma o monitor mudou a experiência.

Começando pelo que importa, este é um monitor de 27" com resolução de 1920x1080 e um ecrã curvo ideal para a distância a que se encontra na secretária. Embora não seja uma caraterística comum, foi muito fácil habituar ao formato do ecrã, especialmente enquanto se está a jogar. Destaca-se especialmente em jogos de corridas ou aventuras de mundo aberto, dando uma maior sensação de imersão. Com uma elevadíssima taxa de refrescamento (144Hz) e a tecnologia Free-Sync, o ecrã torna-se algo em que simplesmente não pensamos enquanto jogamos.

Em termos de imagem, oferece cores vibrantes e excelente contraste, sendo que uma caraterística que adorei foi o facto de poder definir 3 perfis de imagem e alternar facilmente entre eles com um toque num botão: no meu caso, jogos, trabalho e Netflix. Se enquanto jogo procuro cores fotorrealistas e enquanto vejo filmes procuro um ambiente cinemático, enquanto escrevo tenho a preocupação de baixar a luz azul de forma a não cansar a vista. Algo com que a marca também garante preocupar-se, reduzindo 90% das ondas de luz azul consideradas mais perigosas.


Como referido acima, este tornou-se o ecrã principal para jogar tanto PC como Xbox One, os dispositivos que residem no escritório, mas também foi testado com a Nintendo Switch e a PlayStation 4 com resultados igualmente impressionantes. Tivesse mais entradas HDMI, mais consolas teria permanentemente ligadas. No caso dos jogos Xbox One com cross-platform para PC, o monitor revelou-se ainda uma óptima ferramenta para comparar as diferenças de desempenho entre uma plataforma e outra.

Uma coisa que aprecio bastante no monitor é que, embora tenha todas as caraterísticas de design tipicamente associadas ao mercado dos videojogos, não cai no exagero que muitas vezes se vê ao passar pelas secções "gaming" de várias lojas e até consegue ser bastante sóbrio. Ao mesmo tempo, conta com pormenores bastante úteis como o stand rotativo e de altura ajustável, assim como um pequeno suporte ideal para pendurar o headset. Embora o ecrã tenha dois speakers como saída de som, estes não irão impressionar ninguém, sendo meramente funcionais, pelo que o suporte do headset será realmente útil.

Tendo-se tornado, no meu caso, uma grande ferramenta de trabalho, a verdade é que graças aos seus múltiplos inputs, incluindo duas entradas HDMI, este é um monitor extremamente versátil. PC, consolas, a box da TV ou até mesmo um Chromecast, a imagem sai sempre impecável com a vantagem de se poder configurar diferentes perfis e facilmente alternar entre eles.

Um ecrã muito fácil de recomendar.
AOC AG272FCX: Seis meses com um AGON AOC AG272FCX: Seis meses com um AGON Reviewed by Telmo Couto on 06 fevereiro Rating: 5

Latest in Sports