Yoku's Island Express


Ah, ainda se fazem jogos originais! É uma expressão recorrente, até, mas habitualmente caímos no facilitismo de achar que é sempre tudo a mesma coisa. Depois há a ironia do ceticismo quando algo novo aparece a misturar conceitos e imediatamente pensamos que não vai funcionar. Preso por ter cão, preso por não ter... Mas como assim, um jogo de plataformas com mecânicas de pinball?

Yoku's Island Express é um jogo onde controlamos um pequeno escaravelho rola-bosta (sim, esses) chamado Yoku. Acaba de chegar à Ilha Mokumana e está pronto para tomar conta do emprego do pterodáctilo carteiro, que já está a merecer uma reforma, mas rapidamente descobre que há um grande problema com a ilha e só ele a poderá salvar, juntamente com a sua inseparável bola. Que é bem limpa, diga-se!

A melhor forma de olhar para este jogo é como um platformer 2D de mundo aberto e exploração livre, onde controlamos um pequeno escaravelho agarrado a uma bola e que, por esse motivo, é incapaz de saltar ou voar. A sua sorte é que, um pouco por todo o lado, existem "palhetas" que podem bater na bola e assim projetar a nossa personagem pelo ar, tal como se estivesse numa mesa de pinball. Assim se vai explorando a ilha, saltando em palhetas e empurrando a bola pelas plataformas e túneis. É um jogo de exploração livre, mas contém uma componente metroidvania onde só depois de adquirir certas habilidades é que vamos poder aceder a novas áreas.


Já outros jogos de plataformas incorporaram mecânicas de pinball na jogabilidade, mas aqui é o elemento central do jogo. Um pouco por toda a ilha, seja em grutas ou montanhas, encontram-se cenários cujo layout é tal e qual o de uma mesa de flippers, onde teremos de conseguir fazer a personagem/bola atingir certos locais de forma a abrir caminho e poder avançar. Os jogos de pinball nunca tiveram um propósito acima de bater o recorde na pontuação, mas aqui são o obstáculo que só através da perícia se poderá ultrapassar. É realmente interessante! Tudo isto num cenário lindíssimo, todo ele pintado à mão e com uma grande variedade de ambientes para visitar, acompanhado por uma encantadora banda sonora!

Não é um jogo perfeito, pois a natureza da jogabilidade leva a algumas situações potencialmente frustrantes. Conforme os desafios de pinball vão ficando mais elaborados, alguns podem tornar-se uma pequena dor de cabeça até se conseguir o arremesso perfeito que irá levar Yoku para fora daquela situação. A exploração da ilha também pode ser cansativa, pois embora existam mecanismos de "fast travel", estes só são desbloqueados algum tempo depois de o jogo já estar a incentivar que se ande de um lado para o outro a entregar correspondência. Com uma boa dose de paciência, serão certamente problemas menores.


O jogo tem imenso charme, desde o conceito às personagens, a criação dos cenários e até a banda sonora. É perfeito para jogar calmamente e em curtas sessões, mas é também um jogo que agarra o jogador pela forma como transparece toda a paixão que lhe foi dedicada. Recomendado!

Nota: Esta análise foi efetuada com base em código final do jogo para a Xbox One, gentilmente cedido pela Team17.
Yoku's Island Express Yoku's Island Express Reviewed by Telmo Couto on 29 maio Rating: 5

Latest in Sports