Notícias

Análises

19 de outubro de 2017

Fire Emblem Warriors (New Nintendo 3DS)


Certamente muitos dos leitores já jogaram um jogo Warriors. Existe uma enorme quantidade de jogos desta série espalhados por praticamente todas as plataformas existentes no mercado. Sinceramente cansei-me dos velhos jogos Dynasty Warriors até jogar Hyrule Warriors na Nintendo Wii U, um dos jogos que mais me impressionou pela positiva. Isto, porque apesar de o conceito do jogo não ser diferente dos jogos que a Koei Tecmo nos tem apresentado, o tema neste caso, fez a diferença principalmente para um fã de Zelda como eu. A surpresa foi de facto super agradável. Mais tarde recebemos Hyrule Warriors: Legends na Nintendo 3DS. Infelizmente, esta versão portátil foi um pouco desastrosa, fosse jogada na 3DS normal ou até mesmo na New 3DS. Será que o mesmo sucede com Fire Emblem Warriors versão portátil?

Antes de falar na versão em si, deixarei alguns detalhes acerca do que podemos encontrar nesta versão, que na verdade não conta com muitas diferenças comparado com a versão Switch.
Inicialmente escolhemos entre Rowan ou Lianna, os gémeos protagonistas desta aventura. Para além dos típicos três níveis de dificuldade, sendo um jogo do universo Fire Emblem, temos uma escolha de estilo para fazer antes de iniciar o jogo, dois modos que os jogadores da série conhecem bem, o modo Casual, que se trata dum modo em que podemos ressuscitar as personagens caso estas morram nas batalhas ou o modo Clássico, no qual torna o jogo mais desafiante pois cada aliado que perder a vida em batalha jamais regressará nas futuras batalhas. Há também outro modo a escolher no estilo de jogo. Slow and Steady, um modo que dá mais tempo para examinar informações estratégicas, estatísticas e informações relativas às missões com guias de batalha. O Quick and Efficient é o outro modo em que a ação decorre com maior fluidez, ou seja, só nos vão aparecer no ecrã os guias mais importantes.

   

O jogo começa com um tutorial básico, ensinando a lutar e a mudar de personagem numa batalha que une os guerreiros mais famosos da série Fire Emblem. Entretanto somos apresentados à família nobre dos gémeos Rowan e Lianna. Enquanto estes vão treinar com um príncipe de nome Darios, o castelo é atacado por monstros misteriosos que vão em direção à sala do trono onde se localiza a mãe dos gémeos protagonistas. Após uma pequena batalha pelos corredores do castelo, voltamos a encontrar a mãe dos heróis, mas algo sucede e a missão destes dois jovens é travar o dragão do caos com o escudo das chamas. E assim se iniciam as longas e épicas batalhas de Fire Emblem Warriors. Mas para além do modo estória em si, existe um modo História em que revisitamos as batalhas clássicas de vários jogos da série Fire Emblem. Este modo é desbloqueado após jogarem umas batalhas no modo estória original.

Agora sim, podemos dar destaque ao que interessa conhecer nesta versão “lite” de Fire Emblem Warriors. Antes de tudo, é extremamente importante de referir que Fire Emblem Warriors é um exclusivo New Nintendo 3DS e, tal como sucede com Xenoblade Chronicles 3D, este jogo não é compatível com os modelos antigos da 3DS. Os gráficos acho que será escusado de referir pois estes estão sem indubitavelmente com uma qualidade inferior à da versão Switch, mas podemos dizer que estão bons para a consola em si. Algo que testei tanto nas cutscenes do jogo como no seu gameplay foi a ausência do modo 3D. É compreensível que tenham descartado esta opção para evitar quebras de frame rate. Julgo que num jogo como este, onde existe tanto movimento no ecrã, o 3D só surtiria efeito nas cutscenes pois provavelmente iria atrapalhar o jogador. Estas sequências são naturalmente retiradas da versão Switch, mas como é evidente, a qualidade não é a mesma. No entanto não estão más e estão perfeitamente visíveis com as devidas legendas.

   

A grande questão acerca desta versão é, será que o jogo funciona ou não em condições? Podemos dizer que sim, funciona bem, desta vez a Koei Tecmo teve atenção, não se trata duma versão com a péssima performance de Hyrule Warriors: Legends. Os erros foram assumidos e a responsabilidade de criar algo jogável foi devidamente concretizado. Quanto à jogabilidade, é simples e eficaz. Não sei como estará no modo portátil da Switch, mas na New Nintendo 3DS é possível usarem o ecrã inferior para mudar de personagem e selecionar opções no menu ou mesmo quando estamos a visualizar algo no mapa usando o stylus/dedos.

A banda sonora é do melhor, se já adorei os remixes em Hyrule Warriors, a Koei Tecmo trouxe novamente uma banda sonora de luxo com temas que todos os fãs vão certamente adorar. Desde músicas dos jogos Awakening e Fates até ao clássico Shadow Dragon, é impossível o jogador não ficar a vibrar com os temas de maior sucesso da série. E não podiam faltar os sons icónicos da série quando subimos de nível ao navegamos no menu.

Sinceramente, acho que para quem não tem a possibilidade de adquirir uma Switch, não fica mal servido com esta versão, o conteúdo está todo presente e quanto à qualidade já seria expectável ser uma versão “lite” do original, no entanto perfeitamente jogável. Tal como aconteceu com Hyrule Warriors, Fire Emblem Warriors é uma experiência muito positiva principalmente para os fãs que conhecem a série e que já tiveram o prazer de conhecer as personagens aqui presentes, o fan service é imenso.
Nota: Esta análise foi efetuada com base em código final do jogo para a New Nintendo 3DS, gentilmente cedido pela Nintendo.