Notícias

Análises

30 de agosto de 2017

Everybody's Golf




Se leram a minha antevisão aqui no Meus Jogos acerca do Everybody’s Golf já podem ter uma ideia do quanto gostei de jogar este velho exclusivo Sony. O primeiro jogo foi lançado há 20 anos atrás, após estes anos a série passou pelas consolas da Sony e sempre teve o seu sucesso por ser um jogo acessível a qualquer jogador, seja ele fã da modalidade ou não. Everybody’s Golf chega assim à Playstation 4.

Assim que começamos o jogo contamos com uma intro “super catchy” a qual tinha de referir. Isto porque a série já é realmente muito animada, as cores vibrantes, as personagens com o seu design já característico da série e as suas animações divertidas e simpáticas como sempre nos foi apresentado. Tal como aconteceu com a versão beta que experimentei em maio, após a introdução engraçada do jogo, começamos de novo o jogo com a apresentação de Suzuki, que para quem não conhece, é o Presidente da Ilha do Golfe na qual nos encontrámos. Esta personagem marca presença em todos os jogos da série por isso é natural ele estar presente neste novo capítulo.

Quando Suzuki nos recebe na Ilha do Golfe, é altura de ele nos apresentar o Staff todo. Depois dessa apresentação segue-se a criação da nossa personagem. Aqui podemos alterar o que desejarmos do nosso avatar, desde os festejos, voz, alcunha, roupa e aspeto em si. Existe uma enorme variedade de escolha para criarem a vossa personagem do jeito que vocês desejarem. Importante de referir que apesar das vozes serem em inglês, o jogo está totalmente legendado em português, o que pode facilitar a vida de muitos jogadores lusos.

 

Após apresentação e criação da personagem, é nos dada a liberdade de percorrer a Ilha do Golfe. Aqui encontramo-nos com um dos assistentes de Suzuki, de nome Specs, que nos fará uma breve introdução ao que podemos explorar na Ilha do Golfe. Specs dá-nos também a conhecer os modos online e offline do jogo.

No modo offline temos vários torneios para competir e subirmos de classe por isso será sempre o modo preferencial para iniciar o jogo e ter os conhecimentos básicos de como se joga. Já no online será mais competitivo porque teremos jogadores reais nos campos de golfe, onde comunicamos com eles e podemos desafiá-los para umas rondas. Sendo online, existe uma classificação diária onde o nosso nome surgirá caso consigamos uma boa pontuação. No entanto o modo online vai mais longe, pois há a possibilidade de trabalhar em equipa no modo “Guerra na relva”. E em Everybody’s Golf as surpresas não ficam por aqui. Para além do Golfe, existe mais vida na Ilha do Golfe. Podemos conduzir carrinhos de golfe e pescar, afinal de contas, Everybody’s Golf sempre primou pela diversão.



Quando terminam a conversa com Specs, encontramo-nos na área Casa, este é o ponto de partida para os mundos online e offline. Como referi antes, o melhor é sempre começar no modo offline para compreender os comandos do jogo e habituarmo-nos a eles. Não é só o modo online que é divertido, isto porque para além de jogarem no offline para aprender o básico, neste mesmo modo vão desbloquear vários prémios tais como roupas e tacos novos. Vencendo estes torneios vão debater-se com golfistas mais experientes, se os vencerem, recebem os seus fatos como recompensa. Isto é como chegarem ao fim de um nível num jogo de aventura e terem de enfrentar um chefe, neste caso é de cada torneio, assim recebem a recompensa e passam para a próxima classe. Igualmente neste local a que chamamos de Casa, vão encontrar diversas personagens, o Professor Koenji é uma delas. O Professor Koenji estuda Everybody’s Golf durante anos a fio e ele vai pôr a vossa sabedoria em teste com várias questões acerca do golfe.

Como podem ver, existem várias novidades neste jogo, uma de várias que já referi é o facto de ao longo do jogo, caso efetuem uma boa pancada numa ronda, a vossa personagem irá melhorar sempre as suas capacidades, por isso fiquem atentos às pancadas que derem para aumentarem as suas habilidades e aperfeiçoar em todos os níveis a vossa personagem.



Ao começar um torneio, jogamos com os outros adversários em campo, algo que pode até sinceramente desconcentrar alguns dos jogadores, isto porque estamos atentos para realizar a melhor jogada possível e vemos as bolas dos outros jogadores a passar á nossa frente e pelos lados, até as próprias personagens a efetuarem as suas jogadas, quando o que mais queremos é que ninguém nos atrapalhe com nada nesses momentos. Porque apesar de Everybody’s Golf ser um jogo de golfe mais acessível que tantos outros no mercado, não deixa de exigir o mínimo de perícia quando é para meter a bola no buraco. Fatores como o vento, a força, taco e o piso em que jogamos são cruciais para obter resultados positivos.

No fim de cada torneio são apresentadas todas as estatísticas e prémios obtidos e de como foi a vossa prestação. A vossa personagem será promovida conforme a vossa performance ao longo do torneio. Por isso, caso terminem numa boa posição, as hipóteses de receber artigos e moedas aumentam. Estas moedas servem como seria de esperar, para adquirirem artigos na loja, seja vestuário ou bolas e outros artigos disponíveis na PS Store.



No modo online, podem contar com o “Campo aberto” ou com o “Guerra na Relva”. São dois modos que já estiveram disponíveis quando joguei em maio a sua beta. Para quem não leu a antevisão na altura, estes dois modos contam com as suas diferenças. No modo “Guerra na Relva” as regras são muito simples, os participantes estão divididos numa equipa vermelha e noutra azul. As equipas terão de competir entre si. Os participantes correm pelo campo e têm a liberdade de jogar os buracos pela ordem que desejarem, dentro dum tempo limite. Em cada buraco, os jogadores ganham pontos que são adicionados ao total da equipa. A equipa com mais pontos num buraco vence o mesmo. Quando o tempo acabar, a equipa que conquistou mais buracos vence a partida. Já no modo "Campo Aberto", é um modo mais livre e sossegado, ou seja, entramos num campo dos sete disponíveis, mas todos estão bloqueados e a vossa única opção inicial é o campo Eagle City Golf Club. Em cada campo destes podem jogar tanto dentro dum pavilhão como fora ao ar livre. Nestes campos temos um espaço enorme totalmente aberto para explorar, muito detalhado e livre, recheado de coisas para se fazer. É aqui que existe a tal liberdade de pescar e andar de caddies com a malta, boas formas de passar o tempo.

Everybody’s Golf é o melhor da série e um bom jogo para ser jogado tanto offline como online, muitas horas de diversão vos esperam tal como conteúdo para adquirir, principalmente se forem fãs da modalidade.

  

Nota : Esta análise foi efetuada com base no código final do jogo para a Playstation 4, genilmente cedido pela SIEE.