Notícias

Análises

17 de fevereiro de 2016

Informações importantes sobre a Nintendo Account


Quem seguir páginas internacionais da Nintendo já terá reparado que ficou hoje disponível o serviço Nintendo Account, que pretende unificar todas as plataformas onde será possível aceder aos serviços da empresa. Qualquer pessoa pode ir a accounts.nintendo.com e, assim, criar a sua conta Nintendo.


Qualquer pessoa? Não tão rápido. À data de hoje, este serviço apenas está disponível para os países onde o Miitomo (a primeira aplicação móvel da Nintendo) será lançado na sua fase inicial. A Nintendo abriu, nesses países, a fase de pré-registo da aplicação, para a qual é essencial obter uma Nintendo Account. Este registo não implica a associação de um Nintendo Network ID (a conta da Wii U / Nintendo 3DS), podendo ser feito com uma conta do Facebook, Twitter ou com o tradicional e-mail. No entanto, se tentarem associar um NNID português à Nintendo Account, irão encontrar um ecrã de bloqueio regional.

Contactamos a Nintendo em Portugal de forma a obter mais informações acerca deste processo, e confirmaram-nos que nesta fase os registos estão disponíveis para efetuar o pré-registo do Miitomo nos países abrangidos. O serviço MyNintendo, para o qual é também necessário ter uma Nintendo Account, será disponibilizado em Portugal "algures no mês de Março", pelo que a opção de registar uma conta portuguesa também deverá estar disponível nessa altura. O Miitomo ainda não tem uma data de lançamento confirmada para o nosso país.

   

E que tal criar uma conta internacional? Aparentemente, basta criar um registo dizendo que se vive num dos países suportados neste momento para se ter acesso ao Nintendo Account. No entanto, só poderão vincular um NNID do país respectivo, pelo que não sabemos se poderão mais tarde (em Março) alterar o vosso país da Nintendo Account para Portugal e assim vincular as contas. Já confirmei, entretanto, que o "Nickname" que aparece na conta não é um identificador único, pelo que não terão de se preocupar em reservar um nome de utilizador antes que outra pessoa faça o mesmo registo. E tendo em conta que não há mais nada para fazer com estas contas, o melhor mesmo é aguardar pelo lançamento do serviço em Portugal.

É uma pena que o nosso país não esteja na vanguarda dos lançamentos da Nintendo, no que diz respeito à estratégia mobile, mas esperamos que esta situação venha a melhorar com os títulos futuros.