Notícias

Análises

23 de outubro de 2013

Wii Party U

"Uma verdadeira festa em casa" era um dos pilares fundamentais da antiga consola Wii, cujo apogeu se verificou com jogos simples mas extremamente divertidos como Wii Sports Resort e Wii Party, entre outros títulos que apelavam igualmente a todos os elementos da família, independentemente de terem ou não ligações ao mundo dos videojogos. Com o lançamento da Wii U, Nintendo Land revelou-se uma fantástica compilação de minijogos, mas as suas temáticas e até a complexidade de alguns jogos fizeram com que apenas os fãs de videojogos os apreciassem na totalidade. Havia uma lacuna na Wii U para quem procurasse o mesmo tipo de diversão simples e viciante para toda a família que encontrava na Wii. Até agora.

Wii Party U é o novo título familiar da Nintendo e traz de volta toda a magia da Wii, com um bónus que permite mudar tudo - a inclusão do GamePad. Quem tiver jogado Wii Party ou conhecer a série Mario Party, já sabe com o que pode contar em Wii Party U: um pequeno conjunto de tabuleiros estilo "Jogo da Glória" para 4 jogadores, onde entre turnos ou em casas especiais existem desafios sob a forma de minijogos. Mas a criatividade de Wii Party U vai muito além de replicar sucessos anteriores com novos minijogos, incluindo dois novos modos principais de jogo que dependem do GamePad e proporcionam experiências nunca antes vistas.

A partir do menu principal, estão em destaque três categorias de jogos: Festa na TV, Festa em Casa e Festa no GamePad. Para quem só quiser alguma diversão rápida, o menu oferece ainda acesso direto aos Minijogos e a uma opção de Sugestões, que recomenda um programa adequado ao número de jogadores presentes. O modo Festa na TV é o mais tradicional Wii Party, com 3 tabuleiros e outros 2 jogos, todos baseados em minijogos. Já o modo Festa em Casa é o mais inovador, com 8 jogos para 3 ou 4 jogadores e que dão usos muito criativos ao GamePad. Finalmente, o modo Festa no GamePad utiliza apenas o comando característico da Wii U (dispensando o uso da TV) para uma série de jogos para 2 jogadores.

O modo de Festa na TV, como já referido, é o mais tradicional do conjunto, baseando-se principalmente no comando da Wii, mas incluindo também o GamePad em algumas ocasiões. Os jogos Dados na Autoestrada e Ilha GamePad diferem apenas no tabuleiro e na utilização dada ao comando da Wii U, sendo que o segundo oferece desafios algo mais criativos no tabuleiro. Já a Praça da Moda consiste num tabuleiro com várias peças de roupa em diferentes casas: em cada volta ao tabuleiro, o personagem leva ao palco o melhor conjunto de peças que conseguiu reunir, para obter mais pontos. Já os jogos Chuva de Bolas e Festa em Equipa têm conceitos diferentes, sendo uma espécie de jogos cuja progressão depende dos resultados nos minijogos entre turnos.

Os minijogos em si são o principal conteúdo deste jogo e existem numa enorme variedade, divididos entre duas categorias ("Todos contra Todos" e "1 contra Todos") e estão disponíveis tanto nos jogos de Festa na TV como no menu Minijogos. Os jogos de "Todos contra Todos" utilizam apenas o comando Wii para jogar e são geralmente muito simples, embora maioritariamente exijam alguma perícia ou pensamento rápido e não agitar o comando ou premir um botão freneticamente (felizmente, apesar destes também existirem). Já os jogos de "1 contra Todos" recorrem ao GamePad para experiências bastante criativas, onde um jogador tem uma perspectiva diferente e tentará derrotar os restantes em diferentes situações. São jogos, de certa forma, comparáveis aos oferecidos em Nintendo Land, mas aqui mais simples e de curta duração.

Já o modo Festa em Casa utiliza um conceito bastante diferente do anterior, com jogos feitos a pensar em 3 ou 4 jogadores e que utilizam o GamePad e o espaço envolvente à consola, oferecendo também os melhores jogos do conjunto. Daqui, destacam-se imediatamente o "Quem Vê Caras" e "Hora dos Rabiscos", estilo de concursos televisivos: no primeiro, um jogador tira uma foto que represente uma expressão facial que os outros devem adivinhar; no segundo, cada um desenha à vez no GamePad um objeto sugerido para, no final, todos tentarem adivinhar quem teve de desenhar um objeto diferente dos outros. Se estas ideias parecem confusas em papel, a verdade é que na prática provocam gargalhadas gerais. São dois jogos realmente criativos, simples e diretos, que mostram o que é possível fazer na Wii U que nunca teria sido possível noutra consola.

Outros jogos deste modo baseiam-se na comunicação entre jogadores, como o divertido "Restaurante Mii" onde um jogador com o GamePad regista os pedidos dos clientes para depois tentar servir adequadamente, ou "Uma Questão de Carácter", que avalia o que as pessoas acham umas das outras em várias características de personalidade. Destaque ainda para a Batalha de Botões, onde os jogadores cooperam para premir e largar botões dos comandos ligados à consola, numa espécie de Twister para dedos e braços que acaba inevitavelmente em frustração seguida de nova tentativa - um ciclo vicioso de diversão!

Mas o melhor deste modo é mesmo o jogo "Corrida com Água", que utiliza tudo o que a Wii U tem à sua disposição: a televisão, os comandos da Wii, o GamePad e o seu respectivo alcance sem fios. Apesar de ser o jogo mais exigente para preparar, tudo o que é preciso é colocar o GamePad horizontalmente no chão (recomenda-se o suporte), no local mais distante possível da TV. O resto é uma espécie de "Jogos Sem Fronteiras" doméstico: o GamePad é um riacho, de onde os jogadores devem recolher água com o comando Wii e transportar até ao recipiente que se encontra na televisão. A famosa "Magia Nintendo" salta à vista quando temos um grupo de 4 pessoas a correr entre a sala e o corredor, com cuidado para não entornar a água que transportam no comando. De todo o conjunto de jogos dentro de Wii Party U, este é sem dúvida o mais divertido e inovador, mas é pena não haver mais experiências como esta.

Finalmente, o modo Festa no GamePad é baseado exclusivamente em jogos para 2 pessoas (apesar de permitir jogar a solo contra o computador, mas... quem é que compra um party game para jogar sozinho?). Aqui, existem divertidos jogos que colocam os jogadores frente a frente, como "Futebol de Mesa" e "Beisebol de Mesa", onde cada jogador utiliza o botão analógico que se encontra do seu lado. O jogo "Mii em Linha" é outro que se destaca, uma espécie de jogo de tabuleiro competitivo intervalado por minijogos que podem mudar a sorte dos jogadores.

Os minijogos do GamePad são divertidos e originais, sendo que os cooperativos acabam por ser mais divertidos, ao exigir uma boa coordenação entre os dois jogadores. Sendo que nem sempre é fácil juntar 3 ou 4 pessoas em casa para uma festa, este modo é o que será provavelmente mais utilizado, sendo ideal para jogar com um familiar enquanto a TV está ocupada, com um amigo ou até com a cara-metade.

A linha que une todos os jogos e minijogos de Wii Party U é a sua simplicidade e acessibilidade. Qualquer pessoa, mesmo quem não costuma pegar em videojogos, consegue divertir-se imenso com o que este conjunto tem para oferecer. Uma característica interessante é a possibilidade de classificar os minijogos depois de uma partida, criando uma classificação mundial de todo o conteúdo do jogo e que pode ser consultada, servindo de referência principalmente enquanto cada um ainda não escolheu os seus favoritos.


Wii Party U é uma verdadeira festa em casa. É um motivo para juntar amigos e familiares, ou até mesmo um motivo para jogar a dois, algo menos comum neste género de compilações. Disponível nas lojas com um comando Wii já incluído, é um pacote irresistível para quem já tiver uma Wii U, mas também é o jogo que faltava para os fãs dos jogos sociais da Wii darem o salto para todo um novo tipo de festas só possíveis com as inovações do GamePad, com jogos que quebram a barreira do que pensávamos ser possível. Verdadeiros jogos "sem fronteiras".