Notícias

Análises

18 de setembro de 2015

Star Fox Zero adiado para 2016


Numa decisão pouco habitual a pouco tempo da data prevista, a Nintendo anunciou que irá adiar o lançamento de Star Fox Zero para a Wii U. O jogo, inicialmente esperado para o início da quadra festiva de final de ano, chegará agora no início de 2016. Certamente terá sido uma decisão difícil para a empresa, visto que o potencial de vendas no final de ano é sempre bastante superior, mas que segue os princípios já muitas vezes reiterados pela Nintendo de que é preferível adiar um jogo de forma a dar-lhe maior qualidade, do que lançá-lo apressadamente. Após vários eventos de demonstração do jogo, muitos criticaram o seu aspeto gráfico por ser pouco impressionante, entre outros aspectos que agora a equipa terá mais tempo para melhorar.

Seguem-se as declarações oficiais de Shigeru Miyamoto, Creative Fellow da Nintendo e também o director do jogo, divulgadas hoje nos meios de comunicação social da empresa:

Na semana passada tomei uma grande decisão.

Temos estado a desenvolver Star Fox Zero para a Wii U com o objetivo de o lançarmos ainda este ano. Ainda que o desenvolvimento esteja a correr bem, acreditamos agora que precisaremos de um pouco mais de tempo para trabalharmos em aspetos como a visualização em dois ecrãs, o aperfeiçoamento do design de níveis e o ajuste do tom das cutscenes. Embora tenhamos já atingido a fase em que seria tecnicamente possível lançar o título a tempo do Natal, preferimos trabalhar um pouco mais nele para podermos oferecer aos jogadores o novo estilo de jogo que propomos.

Gostaria de apresentar as minhas desculpas a todos os que esperavam poder jogar Star Fox Zero ainda este ano. Star Fox Zero trará novas experiências de jogo que o levarão muito para lá do referente estabelecido por Star Fox 64. Todos os membros da equipa de desenvolvimento estão a dar o seu melhor para que o produto final não defraude as suas expetativas. E o jogo não será adiado por muito tempo, já que o seu lançamento está previsto para o primeiro trimestre de 2016. Mantenham-se atentos a mais informações.