Notícias

Análises

15 de setembro de 2017

Antevisão: Octopath Traveler


Com um título algo estranho (ainda provisório) Project Octopath Traveler tem chamado à atenção desde o seu destaque no último Nintendo Direct, e a versão demo lançada posteriormente. É um título da Square Enix feito pela mesma equipa que nos trouxe Bravely Default e Second, e após experimentar o jogo é, sem dúvida, um grande regresso aos RPGs tradicionais!

Embora só seja possível explorar o início da história de 2 das 8 personagens, dá para ter uma boa noção do rumo que o jogo vai oferecer. Por debaixo do look retro, temos uma história mais madura do que aparenta, onde temas como morte, guerra e até mesmo prostituição são banais, um rumo bastante diferente do que temos nos Bravely, com as suas histórias mais lighthearted. O look retro leva-nos aos anos 90, mas os sprites inseridos em cenários 3d simples são apenas uma base, pois o jogo surpreende devido à fluidez e efeitos de luz bastante atuais que fazem brilhar o jogo.


Outro ponto retro são as random battles (não excessivas) e o sistema clássico por turnos, com mecânicas simples e batalhas bastante rápidas. Existem 2 pontos fundamentais em combate: explorar as fraquezas dos inimigos através do Break, e aproveitar a vulnerabilidade através do Boost, que nos permite acomular pontos para dar vários ataques seguidos. É uma espécie de cruzamento entre Bravely Default, que tinha um sistema semelhante, com um pouco do exploit de fraquezas que encontramos em Shin Megami Tensei (e Persona).

Tudo isto parece estar a ser muito bem acompanhado com uma banda sonora com tons bastante épicos. Do cheirinho que a demo nos dá, destaca-se a música de batalha extremamente empolgante, que parece acelerar ainda mais o ritmo a que as batalhas decorrem. Os vários efeitos visuais sobem também a parada, em que o auto-denominado estilo "HD-2D" nos deixa a pensar se não seria interessante ver remakes de clássicos RPGs, como por exemplo Final Fantasy VI, devido a várias parecenças nos visuais.


Se não estão convencidos, nada como experimentar a demo já disponível na eShop, com algumas horas de jogo por explorar. O jogo será lançado em exclusivo para a Nintendo Switch em 2018, ainda sem data definida, mas que vamos estar bastante atentos ao jogo e aguardar o seu lançamento! Sem dúvida um título a prestar atenção.