Notícias

Análises

18 de novembro de 2016

Novo patch de Overwatch: Sombra e novos modos de jogo


Por Ana Alexandre

Mais um fim-de-semana gratuito, mais um artigo sobre Overwatch. Se ainda não o leram, podem ver o artigo que escrevi há uns tempos sobre como me tornei fã de Overwatch.

Na terça-feira foi lançado o novo patch de Overwatch, inicialmente anunciado na Blizzcon deste ano que decorreu no início do mês de Novembro. Entretanto as novidades estiveram a teste no PTR e o sucesso foi tanto que quase todas as alterações passaram para o patch. Isto significa que as novidades são mais do que muitas, por isso venho falar-vos um pouco do que há de novo em Overwatch (e mencionar que a Sombra é uma [inserir comentário ofensivo à escolha], mas que os novos modos são mesmo giros de jogar). Há muitas coisa nova para experimentar, mas se tiverem pouco tempo aconselho vivamente o 3v3, já que leva a uma jogabilidade completamente diferente e a um trabalho de equipa obrigatório.


Novo herói: Sombra

Não é que, para os fãs mais atentos, a Sombra tenha sido propriamente uma grande novidade na Blizzcon. A personagem já tinha sido referida num comic relativo à Ana e havia todo um burburinho relativo a ela nos últimos tempos pelos mais variados motivos, incluindo um leak de arte conceptual na loja da Blizzard nos dias que antecederam a Blizzcon. Mas vamos ao que interessa...

A Sombra é uma personagem dedicada a stealth - pode ficar completamente invisível para os inimigos (embora os aliados a consigam ver e perceber que está nesse modo) durante um período de tempo limitado, durante o qual também se torna mais rápida a movimentar-se. Neste modo, ela não é identificável pelos inimigos, mas sofre dano normal se for atingida. Além disso, tem uma arma de mão automática com uma capacidade razoável de dano e um Translocator que lhe permite teleportar-se de volta para o local onde o deixou. A sua habilidade passiva é a de identificar inimigos com vida abaixo dos 50%.

Contudo, a verdadeira capacidade da Sombra é a de hackear quase tudo à sua volta. Ela consegue tornar os health packs impossíveis de aceder pelos inimigos durante um minuto (que honestamente é imenso e deve ser reduzido num futuro próximo), pode hackear diversos ultimates, o escudo do Reinhardt, a turret do Torbjörn e até o modo metralhadora do Bastion. O seu maior counter é o Winston e ela é muito eficaz contra o Reinhardt, Zarya e Lúcio.


Ecopoint: Antarctica

Os novos modos de jogo de que irei falar mais abaixo exigiam um mapa mais compacto, pelo que surge o Ecopint: Antarctica, um mapa muito mais pequeno e sem health packs.

Este mapa terá sido o local onde a Mei estaria a estudar alterações climáticas com a sua equipa, antes de tudo ter corrido mal e terem sido obrigados a entrar em processo de criogénese na esperança que a equipa da Overwatch os fosse salvar - coisa que não aconteceu e que levou a que a Mei fosse a única sobrevivente da equipa.

Arcade

Agora no menu de jogo desapareceram os Weekly Brawls e surgiu a Arcade. Na Blizzard explicaram esta questão com o facto dos Weekly Brawls serem apenas populares durante os primeiros 2-3 dias após terem sido lançados. Assim, agora a Arcade reúne várias opções de jogo. Vamos vê-las uma a uma.


1V1: Mystery Duel

Exactamente o que o nome indica, uma competição entre dois jogadores de nível semelhante. A cada ronda é atribuída de forma aleatória uma mesma personagem (excepto Mercy e Lúcio) a cada jogador e, como é jogado no Ecopoint: Antarctica, não existem health packs. É essencialmente um conjunto de rondas de morte súbita entre a mesma personagem e ganha quem atingir primeiro as cinco vitórias. Cada ronda tem tempo limite e pode haver empates - ontem vi uma delas com a Symmetra e é ridículo, porque nenhuma delas vai sair do sítio onde colocou os seus turrets.

3v3: Elimination

Tal como o 1v1, este novo modo é jogado no Ecopoint: Antarctica e também funciona como morte súbita. Cada equipa tem 3 jogadores e ganha a ronda a equipa que eliminar primeiro toda a outra equipa (não interessa se acaba com 1 ou 3 jogadores ainda vivos) - e o modo funciona "à melhor de 5", o que significa que 3 rondas ganhas dão a vitória à equipa. Pode-se escolher qualquer personagem, mas não pode existir mais do que um de cada por equipa. Os jogadores que entretanto morrem continuam a assistir ao jogo em modo espectador até ao fim da ronda.

6v6: All Brawls

Apesar de terem eliminado a Weekly Brawl, a equipa fez questão de trazer de volta as brawls que tiveram mais sucesso durante os últimos meses. Assim, escolhendo este modo de jogo vamos parar aleatoriamente a um mapa e a uma das seguintes: Total Mayhem, MOBAwatch, Highly Offensive, Overly Defensive, Tanks A Lot, Show Your Support, We're All Soldiers Now, This Is Ilios, High Noon, Justice Rains From Above, Super Shimada Bros., Charge!, One Shot, One Kill.

6v6: Mystery Heroes

Neste modo calhamos num mapa aleatório num desafio de equipa 6 versus 6, mas é-nos atribuído um herói aleatório que muda a cada respawn. As equipas ficam completamente desequilibradas, mas acaba por obrigar os jogadores a experimentar personagens com que normalmente não jogam.

6v6: No Limits

Anteriormente no modo Quick Play era permitido que existissem personagens repetidas. Isso deixou de ser possível a partir deste patch, mas para quem quer continuar a massacrar os oponentes com equipas só de Genji, pode recorrer a este modo na Arcade, que permite jogar sem número limite de repetições.


Recompensas

Uma coisa que aparentemente deixava os jogadores frustrados era o facto de que jogar uma Brawl não trazia qualquer tipo de compensação além da experiência normal que se ganharia noutro jogo. Agora a Arcade permite ganhar uma loot box a cada três vitórias em qualquer um dos modos, permitindo acumular um máximo de três loot boxes no espaço de uma semana. Além disso, na primeira vitória de um dos novos modos (1v1 e 3v3) é atribuída outra loot box.

Outras alterações

- a experiência necessária para subir de nível entre os níveis 14 e 100 foi ligeiramente reduzida
- a experiência necessária para subir de nível a partir de 100 foi fixada em 20.000XP e não fará reset após cada promoção
- tal como foi referido em cima, o modo Quick Play deixou de permitir repetição de personagens
- dano infligido a objectos (turrets, teleporte, etc) deixa de contar para o Ultimate
- o custo dos Ultimates aumentou 25% para todos os heróis
- foram feitas alterações a várias personagens (Ana, D.Va, Mercy, Lúcio, Mei, Zarya, Torbjörn, Pharrah, Widowmaker, Soldier:76), mas para não ser exaustiva recomendo espreitarem as notas do patch