Notícias

Análises

21 de janeiro de 2014

Mario & Yoshi

Mario & Yoshi foi um magnífico jogo de puzzle dos anos 90. A febre dos puzzle games nas consolas surgiu com o aparecimento, do famoso Tetris para o GameBoy, corria o ano de 1991. O encaixar de sucessivas peças geométricas, numa sequência, captou a atenção não apenas dos jogadores da altura, mas também de inúmeros casuais. Com um design bastante simples e prático, Tetris impulsionou o pequeno GameBoy para o topo das vendas, permitindo-lhe ultrapassar a mais sofisticada Game Gear, da SEGA. Ao ver o sucesso de Tetris, foram inúmeras as tentativas de o duplicar, sem, no entanto, cair no plágio. A Nintendo lançou em 1991, Mario and Yoshi, simultaneamente para a NES e GameBoy, sendo que a primeira se encontra atualmente disponível através do serviço Virtual Console da Nintendo 3DS e da Wii U.


O jogo tinha uma fórmula diferente da de Tetris e trazia a mascote da Grande N, pela primeira vez, para o campo dos puzzles. A história, neste género, é o menos relevante: Bowser iniciou um ataque aéreo ao Reino dos Cogumelos. Esse ataque era muito simples e não exigiu muito planeamento da sua parte. Bowser, simplesmente, recorreu a atirar alguns dos seus servos borda fora, da sua nave voadora. Goombas, Bloopers, Piranha Plants e Boo Buddies começaram a chover dos céus. Cabe, mais uma vez, ao canalizador Mario e ao seu irmão Luigi, salvarem o dia. A ajudar nesta tarefa, vamos ter o dinossauro comilão conhecido como Yoshi, que vai despachando as criaturas para o interior da sua barriga.

O jogo consiste em evitar que fiquemos com o ecrã repleto de inimigos até ao topo. Para isso, Mario (e Luigi também, se jogarmos a dois) tem que virar as travessas de forma a juntar dois inimigos do mesmo tipo, o que faz com que estes se anulem mutuamente. Outra forma mais eficaz de nos livrarmos deles consiste em conseguirmos juntar o máximo de criaturas, entre as cascas inferiores e superiores dos ovos do Yoshi. Se isso acontecer, o ovo chocará, de onde surgirá um Yoshi, cuja aparência vai depender do número de inimigos comidos: 0 a 1 e temos um Little Yoshi. 2 a 4 e o Yoshi normal aparece. 5 a 6 é a deixa para o Winged Yoshi. Finalmente, se atingirmos as 7 personagens, é o Star Yoshi que vai surgir. Quanto mais inimigos conseguirmos eliminar, mais pontos teremos.


Os controlos são simples, pois apenas temos que nos ocupar de virar as ditas bandejas. No menu inicial de selecção, podemos escolher entre tipo A e B de jogo, sendo que o A é por pontos e o B por níveis. Temos até 5 níveis de dificuldade e podemos, ainda, escolher entre uma velocidade de queda mais ou menos acelerada para os servos de Bowser. É possível fazer um jogo a dois, onde o primeiro jogador a ter 3 ovos Yoshi vence. Temos três tipos de música à nossa disposição, sendo que ainda podemos optar por não ter nenhuma sequer. No geral, Mario and Yoshi, que recentemente foi colocado à disposição dos possuidores de 3DS e Wii U, é um jogo que não é, de forma alguma difícil. Tem gráficos aceitáveis para a NES e a música assenta bem ao género de que faz parte. A possibilidade de jogar a dois é um bónus que vem aumentar o interesse no título.