Notícias

Análises

24 de janeiro de 2013

Wii U Direct – Principais destaques


Transmitida em simultâneo para todo o mundo, a mais recente apresentação Nintendo Direct trouxe um conjunto de grande novidades para a Wii U, desde atualizações do sistema até anúncios de jogos completamente inesperados!

Satoru Iwata, presidente da Nintendo, começou por falar da experiência dos jogadores com o Miiverse e da forma como esta tem enriquecido os videojogos da Wii U. A partir desta primavera, será possível aceder ao Miiverse através do browser de um smartphone, estando planeado o lançamento de uma aplicação móvel para mais tarde. Também na primavera, será lançada uma atualização da consola com o objetivo de melhorar o tempo de arranque dos jogos e disponibilizar o serviço Virtual Console.

Talvez a única desilusão da apresentação: foi anunciado o serviço Virtual Console para a eShop da Wii U, mas este não irá suportar os jogos de Virtual Console previamente adquiridos para a Wii e, inicialmente, irá conter apenas uma seleção de jogos das consolas NES e SNES. A explicação dada é que estes jogos estão a ser novamente trabalhados de forma a poder ser jogados inteiramente no Wii U GamePad, bem como suportar outras funcionalidades do novo serviço. Quem tiver transferido os jogos da Wii para a Wii U poderá adquirir as novas versões a um preço reduzido de €0,99 nos jogos NES ou €1,49 nos jogos Super NES. Foi ainda anunciado que, mais tarde, irão acrescentar jogos GBA ao serviço, mas não houve qualquer referência à N64.

Como celebração do 30º aniversário da Famicom no Japão, a Nintendo criou uma campanha promocional do serviço Virtual Console da Wii U disponibilizando um conjunto de 7 jogos que estarão disponíveis durante 30 dias ao preço de 30 cêntimos (sim, €0,30)! Já está disponível na eShop o primeiro destes títulos, que serão colocados à venda na seguinte ordem:
  • Janeiro: Balloon Fight (NES)
  • Fevereiro: F-Zero (SNES)
  • Março: Punch Out!! Featuring Mr. Dream (NES)
  • Abril: Kirby's Adventure (NES)
  • Maio: Super Metroid (SNES)
  • Junho: Mario & Yoshi (NES)
  • Julho: Donkey Kong (NES)
Mas o realmente importante da apresentação foi a quantidade de novos títulos anunciados. E já na próxima E3 (11 a 13 de junho de 2013), serão reveladas as primeiras imagens do novo Super Smash Bros. para a Wii U (e 3DS). Melhor ainda, nesta conferência estarão disponíveis versões jogáveis do novo jogo do Super Mario em 3D, criado pela equipa responsável pelos jogos Super Mario Galaxy e Super Mario 3D Land, e do novo Mario Kart para a Wii U!


Numa parte da apresentação dedicada à Platinum Games, foi revelado um novo trailer do The Wonderful 101, um jogo cheio de estilo e que promete tirar partido das funcionalidades da consola para uma experiência única! Os fãs estão curiosos por ver as primeiras imagens de Bayonetta 2, também da Platinum, mas a equipa ainda não está preparada para o desvendar. Em compensação, é possível ver na apresentação uma pequena visita aos estúdios da empresa onde o jogo está a ser desenvolvido.

O presidente da Nintendo reconheceu que estes são jogos com que as pessoas já estariam a contar, então passou a apresentar um conjunto de boas surpresas para a Wii U. A primeira novidade é o novo título criado pela equipa de Kirby's Epic Yarn, o primeiro jogo do Yoshi desde o Yoshi's Story para a Nintendo 64 em 1998, que conta com um belíssimo estilo artístico inspirado em têxteis.

O melhor ainda estava para vir. Numa colaboração completamente inesperada entre a Nintendo e Atlus, está a ser produzido um novo RPG de cruzamento entre as séries Shin-Megami Tensei e Fire Emblem! Mais informações aqui.

Há já algum tempo que o novo título da série Legend of Zelda se encontra em desenvolvimento e, desde a primeira demo apresentada na Wii U, vários estilos artísticos foram experimentados, entre os quais o da imagem apresentada acima: em vez de uma versão HD dos gráficos cel-shaded da GameCube, acabou por resultar em algo bastante diferente. Para o novo título, a Nintendo promete quebrar algumas convenções da série, como a ordem das masmorras ou ter de se jogar sozinho, e regressar às raízes para oferecer a essência de Zelda aos novos jogadores de hoje em dia.

No entanto, a Nintendo precisa ainda de bastante tempo para produzir o novo Zelda e, por isso, irá lançar já no outono de 2013 um remake de The Legend of Zelda: Wind Waker em HD e com este novo estilo artístico! Para além das melhorias visuais, também a experiência geral de jogo será melhorada – nós só pedimos para que seja mais fácil mudar a direção do vento – e será ainda possível jogá-lo no GamePad sem utilizar a TV.


Finalmente, o destaque para a única surpresa maior do que um novo Zelda já este ano: o anúncio de um novo jogo da Monolith Soft, a equipa que desenvolveu o fantástico Xenoblade Chronicles para a Wii e que foi considerado por muitos o melhor RPG desta última geração. O jogo oferece um estilo artístico semelhante e aparenta ter um mundo ainda mais expansivo que o do grande título da Wii. Sem dúvida uma grande abordagem ao universo dos RPGs ainda no início da vida da consola e que antevê um futuro bastante promissor!

Foi uma das melhores apresentações Nintendo Direct dos últimos tempos, com anúncios surpreendentes e verdadeiramente excitantes! Caso tenham perdido ou simplesmente queiram rever, podem assistir à apresentação em seguida.