Notícias

Análises

27 de abril de 2012

Colors! 3D


Poucas são as aplicações da eShop de carácter educativo que fogem ao conceito de jogo. Colors! 3D é uma das mais recentes aplicações obrigatórias para qualquer utilizador frequente da 3DS, não sendo apenas para os que gostam de desenhar, mas também para quem queira explorar as suas capacidades, mesmo que diga a si próprio "não sei desenhar".

Esta é uma ferramenta de desenho puro, sem opções, técnicas complexas ou o recurso a menús extra. Onde no ecrã inicial temos logo disponíveis todos modos possíveis de usar, com um interface de desenho imediato e apelativo, através de um círculo de cor central que tem todos os tons de cor possíveis, acompanhado por 2 barras de densidade e opacidade. Tem 4 ferramentas de desenho: uma de traço fixo; outra com desfasamento (conhecido como "feather" nas outras ferramentas conhecidas); um pincel mais riscado ou disperso e a borracha.


Os botões da 3DS servem para apresentar os diversos menús e utilizar ferramentas em conjunto com o ecrã tátil, permitindo uma utilização mais intuitiva e próxima da realidade. Uma das ferramentas mais interessantes é o uso do efeito 3D que, distribuído em 5 planos diferentes, apresenta efeitos bastante surpreendentes e realistas, podendo sempre, a qualquer momento, trocar a posição destes planos. Podemos ainda usar fotografias para servir como base ou elemento extra para o nosso trabalho.

Colors! 3D permite ainda desenhar em grupo localmente, algo que se assemelha à febre japonesa de "Oekaki" (que conseguiu chegar ao ocidente), onde através da internet várias pessoas partilhavam um ecrã comum para desenhar, interagindo em direto com outros utilizadores. Outra componente social interessante são as galerias dos utilizadores presente no site http://colorslive.com/, podendo assim partilhar os nossos trabalhos e re-direccionar facilmente para as redes sociais que utilizamos.


O progresso do nosso desenho fica gravado num vídeo que podemos observar a qualquer momento, e todos os trabalhos presentes, não só na aplicação, mas também na galeria online, surgem com esta funcionalidade, o que inspira confiança e mostra alguns truques do processo de desenho. Podemos ainda observar alguns trabalhos presentes na aplicação ou até colorir desenhos, tal como na infância de muitos nós. Ficam a faltar algumas lições de desenho que, embora não necessárias, poderiam criar interesse nos que têm receio de comprar a aplicação e depois não a utilizar. Um óptimo complemento para os iniciados será, sem dúvida a aplicação Art Academy, também disponível na eShop.


A desejar fica a localização em português, que surge numa mistura de português do Brasil com o de Portugal, com termos confusos que não são cá utilizados. Após contactar a equipa de desenvolvimento, que respondeu de imediato, ficamos a saber que a localização foi feita por um tradutor brasileiro que, logicamente, optou por localizar na sua língua natal devido à muito maior quantidade de utilizadores brasileiros face a portugueses. No entanto ainda estão a trabalhar para que a nossa versão esteja no português que tanto conhecemos.

Ler Mais >

26 de abril de 2012

Nintendo lança serviço Nintendo Zone


A Nintendo lançou a nível europeu o novo serviço Nintendo Zone, disponível em mais de 25 mil hotspots wi-fi públicos espalhados pela Europa. Este serviço é completamente gratuito e permite aceder a diversos conteúdos através da Nintendo 3DS, tais como trailers de jogos, informações sobre produtos, imagens, demos e videoclipes. A Nintendo Zone está disponível no Reino Unido, Alemanha, França, Itália, Bélgica, Portugal e Holanda e pode ser acedida em inglês, alemão, francês, italiano, espanhol, português e neerlandês.

A aplicação que permite aceder à Nintendo Zone ficará disponível no menu da Nintendo 3DS (é necessário ter a consola atualizada com o software mais recente de 25 de abril de 2012) a partir do momento em que se abrir a consola num hotspot compatível com este serviço. A Nintendo criou ainda uma página que permite consultar os locais onde existem hotspots compatíveis com o SpotPass e a Nintendo Zone, que pode ser acedida através do endereço hotspot.nintendo.pt.
Ler Mais >

Rhythm Thief & the Emperor's Treasure

Rhythm Paradise, Elite Beat Agents, The Rub Rabbits! e Professor Layton. O que existe em comum nestes clássicos da Nintendo DS? Todos serviram de base para criar Rhythm Thief & the Emperor's Treasure, um jogo que tenta marcar a diferença no género de ritmo aliando um conjunto de minijogos rítmicos a uma história forte e uma componente de exploração, tudo com uma boa dose de estilo. Mas será que este conjunto é melhor que a soma de todas as suas partes?

A melhor forma de descrever este jogo é como uma espécie de Professor Layton com desafios rítmicos em vez de puzzles. Desde o foco na história à forma como a exploração dos mapas é executada, há aqui uma influência tão forte que chega ao ponto de fazer o jogador carregar em todos os pixéis dos cenários à procura de tesouros da mesma forma que em Layton se procuram "hint coins". Ao longo da aventura, surge um conjunto de minijogos com vários estilos diferentes, que são apresentados num útil ecrã de título com as respetivas instruções. Alguns jogos requerem o uso do ecrã tátil, outros recorrem aos botões e alguns dão uso ao giroscópio da consola. Esta diversidade de controlos dificulta a aprendizagem das mecânicas de jogo, mas compensa com uma variedade bastante incomum dentro do género. A diversidade dos minijogos, no entanto, é mais limitada do que o jogo dá inicialmente a entender, mostrando-se um pouco repetitivo em alguns momentos - ao fim de pouco tempo, a maioria dos desafios acaba por ser apenas uma variante de desafios já feitos.

A história do jogo acompanha o protagonista Raphael, conhecido como Phantom R, um ladrão de obras de arte conhecido pela forma espetacular como se escapa aos seguranças e por acabar por devolver as peças roubadas um dia mais tarde. Abandonado pelo pai, Raphael segue a única pista deixada, um símbolo misterioso, acompanhado pelo seu cachorro Fondue, para mais um roubo aparatoso no museu do Louvre. Na sequência do roubo, cruza-se com uma misteriosa órfã violinista, que é perseguida pelo Imperador Napoleão Bonaparte, misteriosamente ressuscitado. Estará tudo ligado? Este bem poderia ser um mistério para o Professor Layton, mas a forma como a história torna tudo tão evidente em tão pouco tempo não justificaria a viagem do genial arqueólogo britânico até Paris. Não significa isto que a história seja desinteressante ou que o enredo seja mal elaborado, apenas não se encontra ao nível do jogo que lhe deu maior influência.

Graficamente, o jogo é bastante aceitável para a Nintendo 3DS, embora nem sempre seja dado bom uso ao efeito 3D. Especialmente no que diz respeito aos jogos rítmicos, há vários casos em que é mais fácil perceber o que está a acontecer no ecrã com o 3D desligado. Por outro lado, as sequências de história em desenho animado são excelentes e merecem ser vistas em 3D. A banda sonora é excelente, seguindo a tradição de outros jogos rítmicos da SEGA e, por vezes, pedindo emprestados alguns temas desses clássicos. Aqui não há nada a apontar, sendo que o único problema do jogo reside no sistema de pontuação. A avaliação de um desafio depende apenas do nível de uma barra horizontal cuja escala vai subindo ligeiramente a cada interação bem executada e descendo bruscamente com cada fracasso. O resultado é um sistema injusto que pode dar melhor pontuação a alguém que falhe bastantes vezes no início, mas acabe com uma sequência bem executada, do que alguém que não tenha falhado uma única vez mas tenha o azar de se enganar mesmo no final.

O jogo oferece uma ligeira componente multijogadores, mas pouco interessante, uma vez que se resume a ver no final qual teve melhor pontuação. Há ainda um modo “maratona” com 4 desafios diferentes que se prolongam indefinidamente até que o jogador falhe 3 vezes, guardando o registo da pontuação máxima. E existe também um modo StreetPass que permite povoar uma versão alternativa de Paris com os jogadores encontrados na rua. O problema dos diversos modos acrescentados para dar longevidade ao jogo é nunca serem suficientemente ricos para se considerar que tragam valor acrescentado, mas sim uma amostra do que o jogo poderia ser.


Em jeito de conclusão, o maior problema de Rhythm Thief é a sua curta duração. Se é verdade que a história tem aproximadamente a mesma duração de qualquer jogo Professor Layton, também é verdade que os desafios rítmicos são ultrapassados de forma muito mais rápida do que um puzzle. Será difícil atingir as 10h de longevidade com este título, e pouco mais haverá para fazer após o fim da história, a não ser lutar contra o sistema frustrante de pontuações dos minijogos e tentar obter a melhor pontuação em todos. Ainda assim, é uma experiência recomendável aos fãs de jogos do género. Apenas não será tão memorável como Elite Beat Agents ou outros clássicos. Resta saber se alguma vez terá direito a uma sequela.
Ler Mais >

21 de abril de 2012

Nintendo Direct (abril 2012)

Hoje tivemos mais um Nintendo Direct, e com ele chegam algumas datas de lançamento e até algumas novidades que deixam muitos de nós em pulgas! Após uma breve introdução de Satoru Iwata, o presidente da Nintendo Europe, Satoru Shibata fez a apresentação europeia. Para os que não puderam assistir em direto, podem aceder a http://www.nintendo.pt/NOE/pt_PT/news/nintendo_direct_47764.html e ver, não só a apresentação, como os trailers dos jogos apresentados.

A grande surpresa foi o anúncio de New Super Mario Bros. 2, a sequela do jogo de sucesso da Nintendo DS, onde voltaremos a ver elementos do Super Mario Bros 3 como o Raccoon Mario. Já em desenvolvimento, e com lançamento para agosto deste ano, teremos assim o primeiro forte título de Mario 2D na consola, onde Super Mario 3D Land iniciou a mudança de "fracasso" a "sucesso" da consola.


(vídeo em português: http://tinyurl.com/bmwkkc5)

Mario Tennis Open inicia a apresentação, mostrando-se como o próximo forte título da Nintendo 3DS, e com todo o seu conteúdo apresenta-se como um forte candidato. Com o seu lançamento já no próximo dia 25 de maio, surge com bastante conteúdo: multijogador online; rankings para determinar quem é o melhor jogador; 16 personagens jogáveis mais o Mii, totalmente costumizável para o nosso modo de jogar e com mais de 200 objectos para vestir a rigor. Conta também com Download Play até 4 jogadores e mini-jogos especiais para melhorar a nossa destreza e explorar diferentes modos de jogo.

Embora já à venda, Kid Icarus: Uprising teve o seu tempo de antena neste Nintendo Direct. Após uma excelente recepção por parte dos jogadores europeus, a Nintendo decidiu criar um vídeo de como melhorar o nosso desempenho. Mas a grande novidade é a parceria entre a Nintendo e a Panini (muito conhecida pelas suas estampas) para a distribuição das Cartas AR do jogo. Agora já é possível coleccionar as mais de 400 cartas diferentes, e guarda-las num álbum oficial do jogo!

Outra grande aposta deste ano da Square-Enix é Heroes of Ruin, um RPG de ação com um modo de multijogador "drop in drop out" que facilmente nos coloca na batalha num instante. Graças a esta funcionalidade o nível de dificuldade muda constante o número de jogadores presentes, aumentando assim o desafio e a necessidade de jogar em equipa. Com data prevista já para 15 de junho o jogo conta com desafios diários através de DLC gratuito durante um ano, o que nos poderá prender ao jogo muito facilmente! Para saber mais sobre o jogo basta aceder a www.heroesofruin.com para acompanhar as novidades.

Pokémon Black Version 2 e Pokémon White Version 2 têm o seu lançamento em outubro deste ano. Embora seja um jogo para a Nintendo DS não deixa de ser um forte título e, muito provavelmente, o último grande jogo da consola. No entanto, para os que possuem uma 3DS, terão 2 títulos para a eShop no final deste ano.



Pokédex Pro vem como uma evolução do já disponível Pokédex 3D (gratuito), tendo agora todos os pokémon presentes até as versões mais recentes da série, onde poderemos ver as novas Formes de Kyurem e velhos pokémon como Pikachu. O outro título é Pokémon AR Searcher (nome a confirmar), uma mistura de Pokémon Snap da Nintendo 64 e Face Raiders da 3DS. Neste jogo poderemos andar onde quisermos à procura de pokémon selvagens que nos apareçam através da realidade aumentada. Os pokémon são capturados por um raio, e após de os apanhar, poderemos transmitir para os jogos Black Version 2 e White Version 2!

Outros títulos referidos no Nintendo Direct, com menos presença, foram Epic Mickey: Power of Illusion, um jogo de plataformas 2d inspirado fortemente no clássico Castle of Illusion, Kingdom Hearts: Dream Drop Distance com lançamento a 20 de julho e Theathrythm: Final Fantasy com lançamento previsto para o verão.


Já na próxima semana, no dia 25 de abril, teremos uma atualização de sistema na 3DS que nos permitirão criar pastas para guardar os nossos jogos, podendo assim finalmente organizar todos os jogos e aplicações que fomos descarregando. Outra atualização prevista já para meio de maio irá permitir o download de correcções (patches) para jogos já lançados. Mario Kart 7 foi o jogo referido, onde finalmente atalhos injustos irão ser eliminados, equilibrando assim o jogo.

Juntando a todos os grandes acontecimentos, positivos e negativos, que a Nintendo 3DS teve durante um ano, em apenas 16 meses a consola conseguiu ter um catálogo de jogos excelente, com fortes títulos não só da Nintendo como de third parties, levantando assim uma questão: tornou-se a 3DS uma consola superior à sua antecessora, que foi a consola mais vendida de sempre. E se sim, tornar-se-à a 3DS na próxima consola mais vendida?
Ler Mais >

17 de abril de 2012

O Louvre substitui guias áudio por consolas Nintendo 3DS

Consultar um mapa interativo do museu Louvre. Ver vídeos e fotos das obras de arte modeladas em 3D. Criar itinerários personalizados para as diferentes exposições. Estas são apenas algumas das funcionalidades proporcionadas pelo Audioguide Louvre – Nintendo 3DS, uma ferramenta desenvolvida pela Nintendo para que os visitantes do famoso Louvre, em Paris, possam aprofundar os seus conhecimentos de arte de forma simples e divertida.

Graças às funcionalidades da Nintendo 3DS, que incluem imagens e animação em 3D, o guia contém um mapa interativo que permite aos visitantes verem exatamente onde estão no museu. O guia versátil pode ainda ser adaptado aos gostos de cada um e contém mais de 700 comentários gravados pelos curadores e conferencistas do museu que permitirá aos visitantes descobrirem mais sobre as coleções do Louvre e a história por detrás do próprio edifício.

“Agrada-me particularmente que a nossa colaboração com a Nintendo se tenha traduzido nesta iniciativa de contar com um guia áudio integrado na consola Nintendo 3DS” declarou o administrador geral do Louvre, Hervé Barbaret, a propósito desta ação. “A Nintendo tem mais de 35 anos de experiência em desenvolvimento de jogos e consolas e pensamos que este novo guia áudio é uma ferramenta valiosa que ajudará a fazer de uma visita ao Louvre uma experiência mais dinâmica e enriquecedora, especialmente para os que não estão tão familiarizados com o ambiente de museu.”

AUDIOGUIDE LOUVRE/NINTENDO 3DS – CARATERÍSTICAS


A visita autoguiada
Inclui mais de 700 comentários áudio e fotografias, muitas em alta definição. Com explicações simples e envolventes, os especialistas do Louvre oferecem aos visitantes informações de fundo para os ajudar a entender melhor as obras em exposição.

As obras essenciais 
Uma seleção das maiores obras de arte destacadas no mapa interativo, para garantir que os visitantes não perdem as obras mais importantes do museu. Estes podem criar o seu próprio itinerário através do museu para descobrirem as obras de arte que querem ver.


Visitas para ajudar a descobrir o museu 
Existem duas visitas temáticas à disposição, concebidas especialmente para quem visita o Louvre pela primeira vez. Cada visita dura aproximadamente 45 minutos:
  • “Obras de arte”  – Esta visita permitir-lhe-á (re)descobrir as obras de arte mais famosas do museu como a Mona Lisa do Leonardo da Vinci, aVénus de Milo e Vitória de Samotrácia, guiado, passo a passo, por algumas das salas mais prestigiadas do Louvre.
  • “Egito para toda a família” (em breve) – Tão cómica quanto informativa, esta visita oferece uma perspetiva sobre o povo egípcio, a área em torno do Nilo, o trabalho dos camponeses e artesãos e ainda sobre o poder dos faraós. Os visitantes serão encorajados a observar as obras mais detalhadamente e a tentar perceber os objetos em exposição. Ao longo da visita verão também os seus conhecimentos testados, com perguntas integradas em jogos multimédia.
Visita adaptada (em breve) 
Comentários acessíveis a visitantes com deficiências: os deficientes auditivos podem aceder a uma visita guiada em vídeo com linguagem gestual (em francês) que se foca nas maiores obras do Louvre. Os deficientes visuais podem visitar a galeria de “toque especial”.

Visitas às exposições temporárias 
Até 25 de junho de 2012, os visitantes podem descobrir os misteriosos segredos revelados na exposição “Le Sainte Anne, l’ultime chef-d’oeuvre de Léonard de Vinci”, com explicações de Vincent Delieuvin, chefe do departamento de quadros do Louvre e curador da exposição.


Uma inovadora função de localização 
Com coleções espalhadas por três alas e quatro pisos de um edifício enorme, por vezes é difícil manter o sentido de orientação. Mas com o apoio da tecnologia de estimativa de localização da Nintendo, os visitantes já não têm desculpa para se perderem num dos maiores museus do mundo. O novo guia áudio, com o seu mapa do museu, permite-lhes verem onde estão em qualquer altura e graças aos dois ecrãs da Nintendo 3DS, podem até visualizar o mapa principal do piso em que estão e a sua posição exata.

3D sem óculos
Animações interativas, modelos 3D de grandes obras, imagens 3D dos espaços do museu… Talvez queira ver a parte de trás da Vitória de Samotrácia mas não consegue contornar a estátua porque está colocada em frente a uma parede? Com a tecnologia 3D, os visitantes podem admirar as obras de arte a partir de qualquer ângulo!

Fotos em HD 
Muitas fotografias em alta definição acompanham os comentários, ajudando os visitantes a identificar cada objeto e a aceder a informações adicionais. Use o zoom HD e observe bem os detalhes de cada obra: investigue a paisagem por trás da Mona Lisa, tente reconhecer as personagens retratadas em A consagração do imperador Napoleão (de Jacques-Louis David) e admire a arquitetura mostrada em As Bodas de Caná (de Veronese).

Se está a planear uma viagem a Paris no futuro próximo, visite o museu Louvre e descubra como o Audioguide Louvre - Nintendo 3DS garante uma nova perspetiva sobre a relação entre as consolas portáteis e o mundo da cultura. Para mais informações sobre a Nintendo 3DS visite o site oficial.
*O guia áudio está disponível em francês, inglês, alemão, coreano, espanhol, italiano e japonês.
[Nota: o texto apresentado neste artigo foi retirado de um comunicado oficial da Nintendo Ibérica.]
Ler Mais >

4 de abril de 2012

Nintendo 3DS: Principais lançamentos 2º trimestre 2012

Após um excelente início de ano com dois títulos extraordinários lançados logo no primeiro trimestre (Resident Evil Revelations e Kid Icarus Uprising), as carteiras dos possuidores de uma Nintendo 3DS poderá descansar um pouco durante a primavera. O que não significa que não hajam fortes títulos à espera de ser jogados nesta estação, desde o viciante Rhythm Thief a um conjunto de fortes títulos descarregáveis através da Nintendo eShop!


O trimestre arranca com Rhythm Thief ™ & the Emperor’s Treasure (já disponível!), mesmo a tempo dos presentes da Páscoa. À semelhança dos jogos da série Professor Layton, este jogo consiste numa aventura com uma forte componente de história, acompanhada por um vasto conjunto de desafios rítmicos (em vez de puzzles) que o protagonista, Raphael, terá de superar. Está disponível na eShop uma versão experimental gratuita que permite ficar com uma melhor ideia do estilo do jogo e, mesmo só com 3 desafios, consegue ser extremamente viciante - imagine-se o jogo completo! Desenvolvido pela SEGA, com um grande historial de jogos deste género (Space Channel 5, Samba de Amigo, etc.), e distribuido na Europa pela Nintendo, este promete ser um dos jogos de culto da Nintendo 3DS como Elite Beat Agents foi para a DS.


O mês de maio é dedicado ao desporto, com o lançamento de Mario Tennis Open, onde o famoso canalisador e os restantes habitantes do Mushroom Kingdom prometem envergonhar o próprio Rafael Nadal com as suas habilidades. Apesar deste jogo não incluir os elementos de RPG presentes em Mario Tennis: Power Tour (GBA), irá contar com as funcionalidades da Nintendo Network para permitir desafiar jogadores de qualquer parte do mundo. O seu lançamento está previsto para o dia 25 de maio.


Os fãs de jogos de Realidade Aumentada irão apanhar um valente susto com o lançamento do novo jogo da série Project Zero, Spirit Camera: The Cursed Memoir, previsto para o dia 29 de junho. Publicado pela Nintendo, este jogo de terror vem acompanhado de um pequeno livro RA com imagens que permitirão assistir a uma invasão de almas penadas e outros fenómenos paranormais no conforto do lar. Por outro lado, quem preferir algo mais relaxado poderá contar com Harvest Moon: The Tale Of Two Towns [ver trailer], onde o protagonista irá cuidar de uma quinta e os seus animais enquanto procura o amor da sua vida.

De fora da agenda ficaram grandes títulos como Luigi's Mansion 2 e Professor Layton 5, assim como outros jogos anunciados na última conferência Nintendo Direct, como Fire Emblem: Awakening ou Kingdom Hearts: Dream Drop Distance. Em compensação, há um conjunto de grandes títulos descarregáveis a caminho da eShop neste trimestre, dos quais destacamos os que se seguem.


Picross e é o novo jogo da série Picross e promete todo um conjunto de 150 novos desafios, ideais até para quem completou tudo o que havia a completar no clássico Picross DS. Estes puzzles consistem num passatempo matemático japonês conhecido como Nonogram, cujo objectivo é revelar uma imagem numa folha quadriculada com base em pistas numéricas existentes nas linhas e nas colunas.


Mutant Mudds é dedicado aos jogos de plataformas e acção mais antigos, que procuram uma experiência retro e desafiante, mas ao mesmo tempo original. O jogo tira partido do efeito 3D da consola, o que dá um grande realce aos gráficos, pelo que se recomenda a visualização do trailer 3D que se encontra atualmente na Nintendo eShop!


Finalmente, Colors! 3D promete trazer a pintura à terceira dimensão. Uma aplicação ao estilo de Art Academy, mas que permite desenhar e pintar em várias camadas para dar uso ao efeito de profundidade do ecrã da Nintendo 3DS.
Ler Mais >

3 de abril de 2012

Concurso de Fotografia 3D



A Nintendo convida todos os utilizadores da Nintendo 3DS a colocar à prova os seus dotes fotográficos. O Concurso de Fotografia 3D Nintendo 3DS que decorre até ao próximo dia 17 de junho está dividido em seis categorias – Animais, Pessoas, Lugares, Objetos, Plantas e Realidade Aumentada – e uma parceria exclusiva com o Sapo Kids promete tornar este repto ainda mais emocionante para os mais pequenos que, nos três meses do concurso, serão convidados a adaptar estas seis categorias a desafios específicos como a Páscoa em abril, o Dia da Mãe em maio ou o Dia da Criança em junho.

Participar no Concurso de Fotografia 3D Nintendo 3DS não poderia ser mais simples: basta que os participantes tirem uma foto em 3D que se enquadre num dos seis temas usando as câmaras integradas na Nintendo 3DS e façam o upload da mesma para o site dedicado ao concurso, acessível através do Navegador de Internet da consola ou de um computador. Lá estará uma galeria com todas as imagens a concurso e cada fotografia carregada para o site terá o seu próprio QR Code cuja leitura será possível a partir da Nintendo 3DS, para possam ver as suas imagens preferidas em 3D.

Para saber como poderá sagrar-se o "melhor fotógrafo do país" e para ficar a conhecer os requisitos para a participação, assim como os seus termos e condições, os participantes terão que visitar o site oficial do Concurso de Fotografia 3D Nintendo 3DS

No site Sapo Kids, os participantes poderão inteirar-se de todas as subcategorias e respetivas datas dos desafios propostos. As fotografias submetidas serão avaliadas por um júri competente e os prémios para os vencedores estão divididos em primeiro, segundo e terceiro. Sendo assim, cada um dos cinco vencedores do primeiro prémio receberá um suporte para a Nintendo 3DS com a figura de Mario e um jogo a escolher de entre Mario Kart 7, SUPER MARIO 3D LAND, The Legend of Zelda: Ocarina of Time 3D, StarFox 64 3D, nintendogs + cats e Kid Icarus: Uprising; cada um dos dez vencedores do segundo prémio receberá um suporte para a Nintendo 3DS com a figura de Mario e, finalmente, cada um dos dez vencedores do terceiro prémio receberá um cartão eShop no valor de 15 euros.


[Nota: o texto apresentado neste artigo foi retirado de um comunicado oficial da Nintendo Ibérica.]
Ler Mais >