Notícias

Análises

17 de maio de 2012

Mario Tennis Open

Com a chegada do calor e a proximidade do verão, é normal procurar-se um novo jogo para passar o tempo e partilhar com os amigos. Mario Tennis Open é precisamente o grande jogo para as férias, com uma jogabilidade simples e divertida e várias formas possíveis de jogar com os amigos! Fácil de aprender e difícil de dominar com mestria, é um jogo que qualquer elemento da família ou do grupo de amigos poderá pegar de forma descontraída para se divertir.

O segredo é a simplicidade. Mario Tennis Open, como o nome indica, é um jogo de ténis inspirado no universo de Super Mario, o que implica power-ups e muita diversão! A mecânica de jogo é muito fácil de aprender: controla-se o personagem com o botão deslizante da consola e utiliza-se um dos botões A, B, X e Y para controlar a raquete – no ecrã tátil, são mostradas as ações possíveis em botões que também servem de atalho, muito úteis para certos movimentos especiais. Há ainda a hipótese de usar o giroscópio da consola bastando, para isso, segurá-la numa posição mais vertical. Isto torna-se bastante irritante quando, no entusiasmo de uma partida, se levanta um pouco a consola e muda automaticamente para o giroscópio, mas felizmente pode (e deve?) desativar-se esta opção nas configurações do jogo.

Este não seria um "party game" do Mario se não tivesse a sua dose de power-ups e ataques especiais. No entanto, aqui não existem bananas nem carapaças azuis para disparar. Ao contrário da componente de sorte, o sucesso de um ataque especial depende apenas da destreza do jogador em dirigir-se ao ponto certo do court e utilizar o movimento indicado no chão com o melhor timing possível. O resultado de um ataque bem sucedido é disparar uma bola bastante difícil (mas nunca impossível) de defender, podendo até deixar o adversário zonzo por uns segundos. E é nesta mecânica, baseada na habilidade do jogador e não na sorte, que reside o que mais viciante há neste jogo.

Os personagens do costume estão de volta, desde o equilibrado Mario ao veloz Yoshi, passando pelo traiçoeiro Bowser Jr., entre outros. Mas o grande protagonista é mesmo o Mii do jogador, que pode ser customizado com uma vasta gama de equipamentos temáticos dos restantes personagens (e não só) de forma a adquirir diferentes características. Há imenso conteúdo desbloqueável para o Mii, dedicado tanto aos jogadores que procuram o personagem com os melhores "stats" possíveis, como para os jogadores que querem "mandar estilo" através do StreetPass – este modo permite ainda jogar com versões controladas pelo computador dos personagens encontrados e, desta forma, desbloquear ainda mais equipamentos possíveis para o Mii.

O modo para um jogador permite participar em torneios ou fazer jogos rápidos em partidas single ou double, assim como jogar alguns minijogos como o bastante anunciado Super Mario Tennis, cujo objectivo é atirar a bola com a raquete em direcção a uma tela onde vai correndo uma versão do clássico Super Mario Bros. da NES, ou o excelente Galaxy Rally, inspirado em Super Mario Galaxy, que faz da partida de ténis um verdadeiro puzzle – e uma excelente forma de treinar a orientação das jogadas! Regra geral, os minijogos disponíveis são bastante divertidos, mas o infame Ink Showdown poderá fazer alguns jogadores arrancar cabelos com a frustração – é tudo uma questão de prática!

Se o jogo é, por si só, bastante divertido para um só jogador, a verdade é que toda a experiência foi construída a pensar no multiplayer. Seja localmente ou através da internet, é possível juntar entre 2 a 4 jogadores para desafios de ténis que serão cada vez mais divertidos à medida que todos assimilam a mecânica de jogo. Em modo local, é ainda possível usar o modo "download play", bastando apenas um cartucho para juntar um grupo de 4 jogadores. O aspeto mais interessante do multiplayer é a forma como as partidas se vão tornando cada vez mais renhidas conforme a destreza dos vários jogadores vai aumentando. O jogo dá ainda uso às funcionalidades da Nintendo Network para procurar amigos que estejam online e tentar juntá-los na mesma partida, tal como já acontece noutros títulos da Nintendo 3DS.

Mario Tennis Open é um jogo para jogar com os amigos. Tal como acontece em Mario Kart 7, é um título pensado de raiz para vários jogadores, cujo expoente máximo é a experiência de ter um grupo de pessoas na mesma sala a partilhar os insultos habituais (ou palavras de apoio, quando se joga em equipa), mas com uma excelente componente online também. Neste caso, jogar sozinho não é tão divertido como com amigos, mas não deixa de ter uma boa experiência para oferecer, especialmente pelo vasto conteúdo de personalização disponível, cujo principal incentivo será, naturalmente, o de causar uma boa impressão aos restantes jogadores. Nota importante a referir: o jogo encontra-se totalmente em Português para as consolas cujo sistema esteja definido para a mesma língua.