Notícias

Análises

30 de dezembro de 2011

Nintendo 3DS: Jogos do Ano 2011



O primeiro ano da Nintendo 3DS no mercado foi caracterizado por vários altos e baixos. Muitos criticaram a consola pela falta de títulos originais de grande qualidade, na altura do lançamento. No final do ano, tudo acabou por virar a favor da consola, que se revelou afinal um grande sucesso de vendas. 2011 foi marcado pelo lançamento de vários remakes de grande qualidade, mas as verdadeiras estrelas do ano foram jogos completamente novos e com cauda de Tanuki.

5 – Star Fox 64 3D
Conhecido na Europa como Lylat Wars, o jogo Star Fox 64 foi um dos melhores títulos da Nintendo 64, com excelente jogabilidade e um ambiente cinemático fantástico. Este remake traz tudo isso de volta, mas com visuais bastante melhorados, novos controlos (opcionais) com o giroscópio e um modo multijogador bastante divertido.

4 – Super Street Fighter IV 3D Edition
O clássico rei dos jogos de luta estreou-se na 3DS como um dos jogos de lançamento. Trouxe tudo o que estava presente nas versões das consolas HD (na altura) e ainda assim tirou partido das propriedades únicas da consola. Uma boa aposta para quem quer breves mas excelentes batalhas, sempre no nosso bolso. [ver análise]

3 – The Legend of Zelda: Ocarina of Time 3D
O jogo que marcou uma geração, considerado um dos melhores da história dos videojogos, regressa na 3DS num excelente remake que lhe moderniza o aspeto gráfico enquanto se mantém completamente fiel ao estilo artístico original. Uma aventura intemporal e uma experiência obrigatória tanto para fãs do original como para quem nunca jogou um Zelda. [ver análise]

2 – Mario Kart 7
É quase considerado sacrilégio ter uma consola da Nintendo sem um Mario Kart. A jogabilidade extremamente divertida, seja sozinho, com os amigos ou o resto do mundo, mantém-se intacta nesta edição exclusiva para a 3DS com novas pistas e um robusto modo multijogador online. Mario Kart 7 tira partido de todas as características da consola e foi um competidor renhido ao título de jogo do ano.

1 – Super Mario 3D Land
Já lhe chamam o "Avatar" dos jogos 3D, e não é por acaso. Este foi o primeiro jogo a tirar realmente partido das características 3D da consola para oferecer novas experiências de jogabilidade. Sendo possível jogar em 2D como qualquer outro na 3DS, a utilização do efeito de profundidade é feita com tal mestria que nenhum jogador irá querer abdicar dessa componente. Um jogo de plataformas sólido e inovador, como se podia esperar da equipa que fez Super Mario Galaxy. [ver análise]
Ler Mais >

29 de dezembro de 2011

Nintendo 3DS arrasa vendas no Japão

Na semana de 19 a 25 de dezembro, conhecida por ser a mais agitada do ano em termos de vendas de jogos e consolas no Japão, a Nintendo 3DS bateu um novo recorde de vendas, com um total de 482 200 unidades vendidas nesse território. Já na semana anterior tinha vendido 367 691 unidades, contra o lançamento da consola rival Playstation Vita com 324 859 unidades. Mas se o fim de semana de lançamento da PS Vita foi considerado bem sucedido, mesmo ficando abaixo da já existente 3DS, os resultados da semana antes do Natal ficaram muito aquém das expectativas, com apenas 72 479 consolas vendidas.

Hint: Fazer click na imagem :)
Como se não bastasse ter batido o seu recorde semanal de vendas, as vendas da Nintendo 3DS durante este período superaram as de todas as outras consolas juntas (incluindo outras da Nintendo como a Wii e a DS). A consola superou o total de 4 milhões de unidades vendidas no Japão e afirmou-se como o grande sucesso de hardware deste ano, apesar de inicialmente ter recebido críticas por parte da imprensa e acusações de que não conseguiria captar o interesse dos consumidores por causa do mercado dos "smartphones". Já a quebra drástica de vendas da consola PS Vita foi bastante mais acentuada do que a sentida após o lançamento da 3DS. A manter-se, este padrão de vendas poderá levar a Sony a ter de tomar medidas semelhantes às que a Nintendo tomou em 2011 para relançar o produto.

Entretanto, jogos como Super Mario 3D Land e Mario Kart 7 já superaram o primeiro milhão de cópias vendidas no Japão, esperando-se que o próximo título a repetir o feito seja o Monster Hunter 3G. [fonte]
Ler Mais >

Nintendo DS: Jogos do Ano 2011



2011 foi o ano de despedida da Nintendo DS, que deu lugar à 3DS. No entanto, isso não foi impedimento para que a consola recebesse excelentes e surpreendentes títulos novos. Como se foi tornando tradição, os principais lançamentos da consola deliciaram particularmente os fãs de RPGs japoneses, mas o jogo que marcou o ano 2011 foi um caso de mistério do outro mundo!

5 – Radiant Historia
Dragon Quest VI e Okamiden teriam sido, sem dúvida, bons candidatos para a lista de melhores jogos do ano. No entanto, um outro RPG se sobrepôs, obrigando-nos a abrir uma exceção: Radiant Historia não foi lançado no mercado europeu. No entanto, consideramos que a versão americana deste jogo é uma importação obrigatória para todos os fãs do género. Tudo isto por causa da grande história que o jogo tem para contar. [ver análise]

4 – Solatorobo
Esta grande aventura leva-nos a explorar os céus com Red e Chocolat, aceitando missões e desvendando aos poucos os grandes segredos de todo este universo, e das personagens que nele habitam. Um jogo com grandes nomes da animação japonesa, com mecânicas simples mas muito viciantes! [ver análise]

3 – Professor Layton & the Spectre's Call
Por esta altura, os fãs da Nintendo DS já sabem que os jogos da série Professor Layton são de compra obrigatória. Em Spectre's Call descobrimos a primeira grande aventura do arqueólogo mais famoso do mundo dos videojogos, e a forma como conheceu o seu aprendiz Luke Triton. [ver análise]

2 – Pokémon Black / White
O mais recente título da série de sucesso de Pokémon surge numa nova região, distante de todas as outras. Um novo começo para a série, mostrando o seu avanço significativo com novas mecânicas, gráficos melhorados e a introdução de uma boa narrativa, o que nos ajuda a prender no fantástico mundo de Unova, aliado ao tradicional vício que caracteriza os jogos da série. [ver análise]

1 – Ghost Trick: Phantom Detective
Digno de todos os holofotes, este jogo do outro mundo foi um dos conceitos mais originais a tirar partido das características da Nintendo DS durante este ano. Um jogo de puzzles complexos, mas engenhosamente elaborados, que fará as delícias de todos os que procuram uma boa história, especialmente os fãs de policiais. Não nos cansamos de o recomendar, pois é sem dúvida o melhor jogo lançado para a DS em 2011! [ver análise]
Ler Mais >

28 de dezembro de 2011

Nintendo eShop: Jogos do Ano 2011


Chegou a altura do ano em que se faz uma revisão dos últimos 12 meses passados e se tenta compilar o que de melhor se jogou. O ano 2011 assistiu ao lançamento da Nintendo 3DS e, com ela, a Nintendo eShop – a loja digital da Nintendo onde é possível adquirir novos jogos e aplicações para a 3DS, assim como todo o conteúdo de DSiWare também disponível nas consolas Nintendo DSi e ainda jogos de consola virtual. No nosso Top 5, decidimos incluir jogos 3DS e DSiWare, mas deixar de fora conteúdos de consola virtual, para evitar comparações injustas.

5 – Plants vs. Zombies (DSiWare)
Adaptado a partir da versão Nintendo DS, este lançamento da Pop Cap veio trazer à eShop um dos seus maiores sucessos em casual gaming. Apesar de não ter a qualidade gráfica de outras versões, o jogo mantém-se genuinamente viciante e repleto de minijogos adicionais para desbloquear. O seu único problema é ser tão difícil parar!

4 – Mighty Milky Way (DSiWare)
Este simples jogo, onde o objectivo é saltar de asteróide para asteróide, torna-se extremamente viciante muito depressa. O charme da WayForward é notável devido a uma orelhuda banda sonora, uma mecânica que qualquer um pode usufruir, e as personagens sempre carismáticas. Uma compra obrigatória pela boa curva de dificuldade, e desafios sempre melhores!

3 – Mighty Switch Force
O primeiro jogo da WayForward dedicado à 3DS é também um dos grandes lançamentos do ano. Esta mistura de puzzles e plataformas, acompanhada de um excelente estilo artístico e excelente banda sonora "retro", mostra como é possível fazer grandes jogos a partir de conceitos simples. Os níveis são geniais e o jogo é extremamente divertido, embora não muito grande. Um dos primeiros must-haves exclusivos da eShop!

2 – Zelda: Four Swords Anniversary Edition (DSiWare)
Apesar de ter sido lançado gratuitamente como celebração dos  25 anos da série Legend of Zelda, este jogo seria completamente digno de compra mesmo que fosse o mais caro da eShop. Não é só um remake de um clássico, mas também uma grande expansão do original. Um download obrigatório, e um jogo muito melhor quando jogado com amigos. [ver análise]

1 – Pullblox
O jogo de que a eShop precisava. Um excelente jogo de puzzles, desenvolvido pela Intelligent Systems, que consiste em puxar e empurrar blocos de forma a abrir um caminho na vertical. O conceito é extremamente simples, mas a complexidade dos puzzles torna-se verdadeiramente desafiante. Com bastante conteúdo e ainda um editor para criar os próprios desafios e partilhar com amigos, este é sem dúvida o grande título deste ano a surgir na eShop. Uma compra extremamente recomendada a todos os fãs de quebra-cabeças!

Caixa Postal Nintendo
Apesar de concluída a lista de jogos do ano 2011, não podíamos deixar de referir a aplicação que mudou por completo a utilização da lista de amigos da Nintendo 3DS. Completamente gratuita, a Caixa Postal permite enviar mensagens aos amigos da consola, quer seja por StreetPass ou por SpotPass, através da internet. Chegar a casa, abrir a consola e ver que se recebeu uma nova mensagem, pode ser um desenho, uma fotografia ou um postal animado. E a 3DS nunca mais foi a mesma!
Ler Mais >

24 de dezembro de 2011

Boas Festas!

A todos os nossos leitores, os votos sinceros de um Natal muito feliz junto daqueles que mais gostam e um ano 2012 recheado de novos e excelentes videojogos!

Ler Mais >

22 de dezembro de 2011

Caixa Postal Nintendo


Chegou finalmente à Nintendo 3DS a Caixa Postal Nintendo, um serviço gratuito de mensagens que permite comunicar com os amigos através do SpotPass ou via StreetPass. Segundo comunicado oficial da Nintendo, esta aplicação tem um funcionamento bastante simples:

"A Caixa Postal Nintendo permite-lhe criar mensagens e enviá-las, através do StreetPass e do SpotPass, às pessoas que tenha previamente incorporado na sua Lista de Amigos. Para tal, basta utilizar o stylus da Nintendo 3DS para escrever as suas mensagens ou para desenhar postais animados. Poderá também personalizá-los, utilizando fotografias que tenha tirado com a câmara da Nintendo 3DS ou adicionando ao envio breves clips de voz, gravadas com a aplicação Som Nintendo 3DS. Quando o seu amigo receber a mensagem,  esta vai surgir tal e qual como a enviou, por isso dê asas à sua imaginação e surpreenda os seus amigos!"

Não só veio preencher uma lacuna da consola, a nível de comunicação com as pessoas da Lista de Amigos online, esta aplicação é realmente simples e divertida, sendo muito fácil partilhar desenhos, fotografias ou mensagens escritas à mão e receber as respostas dos amigos. Como funciona através do SpotPass, não é necessário que o amigo esteja online para receber a mensagem: quando abrir a consola, terá uma surpresa à espera! É possível ainda criar uma mensagem que será enviada através do StreetPass para as pessoas que forem encontradas na rua.

O download é gratuito e já está disponível na eShop!
Ler Mais >

Professor Layton and the Spectre's Call

Após uma fantástica trilogia, a série Professor Layton viaja no tempo para mostrar como tudo começou. Professor Layton and the Spectre's Call conta-nos a história da primeira grande aventura de Hershel Layton e como surgiu a sua amizade com o aprendiz Luke Triton, na misteriosa cidade de Misthallery onde os ataques de um espectro têm lançado o pânico. Com uma série de puzzles e quebra-cabeças completamente originais e mais uma boa história repleta de sequências de animação, o último jogo da saga na Nintendo DS é também um dos últimos grandes jogos da consola.

Este jogo não é apenas uma prequela para a trilogia, mas o início de toda uma série histórias que antecedem os eventos de Professor Layton and the Curious Village. A história conta com uma série de novos personagens, de entre os quais se destaca Emmy Altava, a assistente pessoal de Layton que facilmente se tornará uma favorita dos fãs, assim como o exageradamente másculo inspector Grosky e um novo e misterioso vilão para a série. Embora a narrativa siga uma estrutura semelhante à da trilogia original, aqui nota-se um cuidado em preparar os personagens para toda uma série, deixando pistas acerca de ligações passadas entre eles que nunca são clarificadas, deixando margem para exploração em jogos futuros. Infelizmente, é também esse cuidado que acaba por deixar para segundo plano os grandes mistérios da cidade de Misthallery: os principais mistérios da história são deixados de parte para outro jogo. Assim, a sensação deixada pelo final não será completamente gratificante, especialmente para quem esperar alguma revelação surpreendente.

Se a história em si não está à altura das melhores da série, o mesmo não se pode dizer dos valores de produção e até mesmo da narrativa. Este é o jogo com mais sequências de animação da consola e está cada vez mais perto de ser um filme completo. Não só existem muitas animações de grande qualidade, como todo o trabalho de localização é excelente: as vozes enquadram-se perfeitamente e enriquecem bastante os personagens. Além de todas as sequências de história da narrativa principal, há ainda uma série de "episódios", que permitem ver flashbacks de personagens (tanto principais como secundários) e aprofundar o conhecimento sobre alguns detalhes da história. Estes episódios incluem muitas vezes sequências de animação e são sempre muito interessantes ou divertidos. Também a banda sonora está excelente, com um destaque em particular para o tema principal do vilão deste jogo, uma das melhores músicas de toda a série.

A jogabilidade mantém-se praticamente inalterada em relação aos restantes jogos, com exploração da cidade ao estilo de aventura gráfica intercalada com vários puzzles que vão sendo apresentados pelos personagens. Desta vez, no entanto, há muito mais puzzles directamente ligados ao que acontece na história, fazendo com que tudo pareça melhor integrado. Outra novidade são alguns mini-questionários, onde Layton faz perguntas aos restantes personagens sobre os mistérios, fazendo o jogador sentir que está a fazer parte do processo de dedução que levará à descoberta das respostas. A principal desvantagem deste processo, no entanto, é ter contribuído para que os grandes mistérios acabassem por ser resolvidos de forma relativamente previsível, em comparação com os outros jogos.

Por ser o primeiro jogo da saga em termos de cronologia, é um bom ponto de partida para quem ainda não conhece a série, mas Professor Layton and the Spectre's Call é especialmente dedicado a quem gostou da trilogia original e quer agora descobrir mais sobre o passado de Layton. Infelizmente, o jogo acaba por deixar mais uma sensação de ansiedade pelo próximo (que será lançado já para a Nintendo 3DS) do que de gratificação – Spectre's Call é um novo começo e não um fim. É também importante notar que a versão europeia deste jogo, a que esta análise se refere, não inclui o jogo "London Life", um RPG bónus incluído nas edições japonesa e americana, pelo que os europeus acabam por estar a pagar o mesmo por menos conteúdo. Ainda assim, este é um jogo que vale mesmo a pena comprar, não sendo o melhor da série apenas por lhe faltar o elemento surpresa presente nos restantes jogos.
Ler Mais >

19 de dezembro de 2011

Nintendo 3DS: Principais lançamentos 1º trimestre 2012


A Nintendo divulgou a lista de lançamentos previstos para o primeiro trimestre do ano 2012 e, embora esta seja bem menos agressiva do que a do trimestre anterior, conta com algumas ofertas bastante interessantes, especialmente a nível de jogos third-party como um novo Resident Evil ou o original Rhythm Thief. Da parte da Nintendo, todas as atenções estão viradas para o regresso de Kid Icarus com um novo título para a 3DS. As datas apresentadas inicialmente são apenas janelas indicativas da previsão do lançamento, mas serão atualizadas assim que haja informações definitivas.

O grande destaque para o mês de janeiro é Resident Evil: Revelations. O novo título da saga apresenta um regresso aos espaços fechados e aterradores que caracterizam os clássicos Resident Evil, acompanhado de um grafismo verdadeiramente impressionante na Nintendo 3DS e elevados valores de produção. O jogo chegará às lojas a 27 de janeiro de 2012, assim como um pack que irá incluir o jogo e o novo acessório Circle Pad Pro, um método de controlo opcional suportado por este jogo. Este acessório estará à venda em separado no mesmo dia.

Kid Icarus: Uprising é a grande aposta da Nintendo para este trimestre. Para celebrar o seu lançamento, a Nintendo irá oferecer o remake do jogo original 3D Classics: Kid Icarus na eShop através de uma promoção especial [ver informações] já no dia 5 de janeiro, para posteriormente ser colocado à venda ao longo deste trimestre. Já o novo jogo, Uprising, tem a data de lançamento prevista para o dia 23 de março. Inicialmente pensado como um jogo de lançamento da consola, este título sofreu consideráveis atrasos no desenvolvimento e irá acabar por celebrar o 1º aniversário da Nintendo 3DS na Europa.

A SEGA decidiu apostar forte no arranque de 2012, com um conjunto de títulos bastante diversificado. Rhythm Thief & the Emperor's Treasure é um jogo completamente novo e com potencial para se tornar uma espécie de "Professor Layton" dos jogos de ritmo. Em vez de puzzles, será um conjunto de minijogos rítmicos a fazer a ponte entre as várias porções de história deste jogo cheio de estilo que se pode vir a revelar bastante viciante [trailer japonês]. O jogo escapou ao lançamento no 1º trimestre por uma questão de dias, chegando à Europa no dia 4 de abril.

No mês de janeiro, será lançado CRUSH 3D, o remake de um popular jogo de puzzles/plataformas da PSP [trailer] e, em fevereiro, uma nova edição de Mario & Sonic at the London 2012 Olympic Games, mantendo a tradição do confronto entre as mascotes da Nintendo e da SEGA, desta vez nos jogos olímpicos de Londres.

De regresso às listas de lançamentos está Metal Gear Solid: Snake Eater 3D, com a chegada às lojas prevista para 8 de março, após um longo atraso no seu desenvolvimento. O jogo irá agora suportar o novo periférico Circle Pad Pro como um método alternativo de controlo, o que poderá ter resolvido algumas queixas que surgiram relativamente à versão experimental, de que os controlos precisavam de algumas melhorias.

A grande aposta para a Nintendo eShop neste período é Dillon's Rolling Western. O jogo é protagonizado por um novo personagem, o tatu do faroeste Dillon, que ataca os seus inimigos enquanto rebola a alta velocidade pelo deserto. Ainda na eShop, destacam-se os lançamentos de Colors! 3D, um software de pintura em camadas que tira partido do efeito 3D, e Mutant Mudds, um jogo de plataformas e acção desenvolvido pela Renegade Kid.

A Nintendo DS ainda tem novos conteúdos para oferecer, desta vez com o lançamento da sequela para Inazuma Eleven, o popular RPG de futebol estreado em 2011, em duas edições diferentes: Inazuma Eleven 2: Firestorm e Blizzard. O jogo chega à Europa no dia 16 de março e irá fazer as delícias dos mais novos que acompanham a série de animação ou simplesmente adoram futebol.

De fora das confirmações para este trimestre, mas ainda presentes na lista de lançamentos para 2012, ficaram os jogos Mario Tennis, o promissor Luigi's Mansion 2 e ainda o muito aguardado Professor Layton 5, conhecido no japão como Mask of Miracle.
Ler Mais >

16 de dezembro de 2011

Inazuma Eleven


Ver a Level-5 como uma das principais empresas responsáveis pelo sucesso da Nintendo DS e boa qualidade dos seus jogos não é muito difícil. Após grandes séries como Professor Layton ou a sua forte presença em Dragon Quest IX a confiança é forte. Inazuma Eleven surge como o primeiro de uma série de jogos que acompanha a série de animação (que é transmitida na televisão portuguesa) e é muito popular entre os mais novos.


Embora dedicado para as crianças o jogo demonstra ser bastante completo, inspirando-se em jogos de futebol, o género RPG e até mesmo Pokémon. O que nos prende é encontrar os personagens "todas", seja explorando, através dos downloads via internet ou troca com outros jogadores (nunca temos todos  os personagens disponíveis num só jogo). É este um dos motivos que nos leva a querer desenvolver uma equipa com os nossos favoritos, escolher emblema e equipamento, e defrontar outros jogadores, embora que apenas localmente. O gameplay e a sua diversidade num só jogo também nos prende, sendo bastante divertido.


Ele desenvolve-se através de sequências de história e exploração pela cidade de Inazuma, com batalhas aleatórias que coloca a nossa equipa de 4 jogadores contra outra, zonas de treino estilo mini-jogos para desenvolver os atributos das personagens, e partidas de futebol onde as duas equipas completas se defrontam, sendo estas  batalhas que avançam a história. Tudo isto é acompanhado por uma narrativa muito do género de anime, uma boa motivação para aqueles que nem sequer gostam de futebol.


É um jogo bastante interessante, embora não esteja ao nível dos restantes jogos da Level-5. O seu lançamento tardio talvez não tenha conseguido capturar a atenção de todos, mas não deixou de cativar os mais novos, podendo repetir o furor com o lançamento do segundo jogo já no próximo ano. A ausência de multijogador online não ajudou com o replay value, sendo apenas um problema para aqueles que procurem este tipo de sessões.

Ler Mais >

14 de dezembro de 2011

Sugestões de Natal 2011

Com o aproximar do Natal, é normal haver cada vez maior pressão em encontrar o presente ideal para aqueles de quem mais se gosta. As consolas e os videojogos são cada vez mais desejados, constando das cartas ao Pai Natal escritas tanto pelos miúdos como pelos graúdos. Por esse motivo, partilhamos aqui as nossas sugestões para o sapatinho deste Natal de 2010.

Consolas
Nintendo 3DS Branco Neve + Super Mario 3D Land

Este é o verdadeiro pack de introdução ao mundo dos videojogos em 3D, com uma Nintendo 3DS completamente branca e o fantástico jogo Super Mario 3D Land incluídos. A cor da consola faz com que este seja o modelo mais apelativo criado pela Nintendo desde a antiga Nintendo DS Lite e fica tão bem na mochila de uma criança como no bolso de um empresário. Sejam jogadores experientes ou pessoas que apreciem uma experiência mais ocasional, este é sem dúvida o presente ideal.

Nintendo 3DS edição comemorativa dos 25 anos de Legend of Zelda

Dedicada especialmente aos fãs da série Legend of Zelda, está é uma edição especial da Nintendo 3DS a que ninguém irá ficar indiferente. A consola é adornada com emblemas alusivos à mitologia da série em tons dourados e conta ainda com acabamentos dourados em todos os botões e nas peças tipicamente cinzentas dos restantes modelos. Está ainda incluído o jogo Legend of Zelda: Ocarina of Time 3D, o remake do clássico da Nintendo 64 que promete levar todos os fãs de regresso à infância ou conquistar a admiração de quem o jogar pela primeira vez.

Jogos para Nintendo 3DS

Super Mario 3D Land

Este é o jogo obrigatório para a Nintendo 3DS: não só por estar ao nível dos melhores jogos da série, mas também por ser o primeiro a explorar realmente as capacidades 3D da consola para oferecer uma experiência de jogo completamente diferente do que já se viu. Chamam-lhe o "Avatar" dos jogos 3D e não é por acaso, seja comprado com a consola ou oferecido a quem já tenha uma, este é o presente ideal. Mais informações na nossa análise ao jogo.


Mario Kart 7

Ter uma consola Nintendo implica, mais cedo ou mais tarde, ter também um Mario Kart. O novo jogo está tão viciante como os anteriores e, desta vez, oferece veículos costumizáveis para os diferentes personagens, corridas terrestres, aéreas e subaquáticas em pistas loucas e gráficos com uma fluidez impressionante. A principal novidade é o modo multijogador online, que permite desafiar os amigos ou o mundo inteiro através da internet sem fios.


Skylanders

Este é, provavelmente, o jogo mais pedido pelas crianças para este Natal, especialmente porque não se trata de apenas um jogo, mas também um brinquedo. Com a versão da Nintendo 3DS, estão incluídos 3 bonecos e um portal que permite utilizá-los no mundo do jogo para uma série de aventuras. Este jogo é compatível com as versões do Skylanders para a Wii, PS3 e Xbox 360. O único factor a ter em conta são os custos acrescidos: com imensos bonecos diferentes à venda nas lojas, é provável que as crianças queiram depois comprar todos!

Sonic Generations

Fãs de plataformas e já têm ou acabaram o Super Mario 3D Land? Não há problema, a SEGA pensou nisso e lançou este Sonic Generations, um jogo dedicado a celebrar os 20 anos da sua mascote azul com níveis alusivos aos jogos anteriores e dois estilos de jogabilidade diferentes - compete a cada um escolher se prefere o Sonic clássico ou o Sonic moderno!


Jogos para Nintendo DS


Professor Layton and the Spectre's Call

A mais recente aventura do Professor Layton é também a última a ser lançada para a DS, e serve como prequela para a fantástica trilogia lançada inicialmente. O jogo oferece uma nova aventura recheada de puzzles e mistérios, ideal tanto para os que já são fãs da série como para quem nunca jogou!



Ghost Trick

Lançado já no início deste ano, este foi um dos últimos jogos verdadeiramente surpreendentes da Nintendo DS. Uma mistura de puzzle e aventura, Ghost Trick promete agradar e surpreender tanto os fãs de Professor Layton ou Ace Attorney, como os fãs de mistérios e policiais. Este é o tipo de presente curioso, cujo verdadeiro agradecimento virá quando chegarem ao fim do jogo. [ver análise]


Solatorobo: Red the Hunter

É muito provável que os fãs de RPGs já tenham uma Nintendo DS ou 3DS, devido ao enorme catálogo de excelentes jogos do género disponíveis. Ainda assim, é também muito provável que esta pequena pérola lhes tenha escapado. Solatorobo é um grande RPG de acção com personagens adoráveis e um excelente estilo artístico animé que desafia as capacidades gráficas da velhinha DS. Será sem dúvida uma boa surpresa para este Natal.

Outros jogos

The Legend of Zelda: Skyward Sword (Wii)

Somos fãs assumidos da série Legend of Zelda. Por esse motivo, foi impossível resistir a abrir uma excepção e falar de um jogo para a Wii. Skyward Sword é, provavelmente, o melhor jogo já feito para a Wii (ou até mesmo o jogo para o qual a Wii foi feita). O sistema de controlos por movimento utiliza o comando da Wii de uma forma impressionante, criando uma jogabilidade imersiva e intuitiva. O estilo artístico é deslumbrante e a história prende o jogador desde o primeiro minuto, mas isso são apenas alguns dos ingredientes que fazem deste a melhor aventura de toda a série. Recomendado até mesmo aos que nunca jogaram um Zelda, visto que até os veteranos vão descobrir aqui um estilo de jogo completamente novo!
Ler Mais >