Notícias

Análises

6 de julho de 2011

Como tirar melhores fotos 3D com a Nintendo 3DS


A propósito da exposição Dimensões que está patente no MUDE até dia 10 de Julho, a Nintendo lançou uma página na internet onde apresenta os vários fotógrafos que colaboraram no projecto e oferece algumas dicas para fotografar com a 3DS em http://dimensoes.com.pt/. Além disso, o site permite fazer download de algumas das fotos da exposição, que podem ser copiadas para o cartão SD e visualizadas na Nintendo 3DS (infelizmente, tentar fazê-lo directamente através do browser da consola não irá funcionar).

Inspirados pela exposição e respectivo website e, tendo em conta que a câmara 3D é realmente uma excelente funcionalidade da Nintendo 3DS, decidimos partilhar aqui algumas dicas para tirar melhores fotos com a consola, seja por motivos de expressão artística ou apenas para impressionar os amigos.
  1. Atenção às distâncias. Uma foto tirada demasiado perto pode ficar desfocada ou causar dupla imagem (e perder o efeito 3D), mas uma foto tirada a uma grande distância irá parecer uma simples foto 2D. Uma boa forma de fotografar uma paisagem em 3D será incluir uma pessoa ou um objecto que se destaque em primeiro plano, o que vai evidenciar a distância  e dimensão dos elementos ao fundo.
  2. Fotografar miniaturas. Sejam maquetes de edifícios, construções em LEGO ou action figures de personagens de videojogos, é muito fácil recriar o efeito de miniaturas no interior do ecrã com a câmara 3D. Por exemplo, colocar 3 objectos a distâncias diferentes e colocar o foco 3D (usando o circle pad da consola) no elemento que se encontra ao meio irá fazer com que o da frente pareça "sair" do ecrã.
  3. Boa luminosidade. As câmaras da 3DS gostam bastante de luz e perdem qualidade em condições de baixa luminosidade. Ainda assim, as opções da câmara permitem ajustar o brilho e o contraste da imagem ou seleccionar um filtro digital mais adequado a baixa luz. Irá conseguir-se um efeito 3D mais rico com uma foto de exterior à luz do dia e com elementos de cores fortes e distintas, por exemplo.
  4. Pontos de fuga. Nada como apanhar o prolongamento de uma parede ou uma vedação em perspectiva para destacar o efeito de profundidade. Fotografar a fachada de um edifício de frente poderá ter pouco interesse a nível do 3D, mas um ângulo inclinado irá produzir resultados surpreendentes.
  5. Ajustar o foco 3D. O circle pad permite controlar o ponto de "focagem 3D" no momento em que a foto é tirada, mas também é possível fazê-lo depois. Funciona particularmente bem quando se pretente destacar um objecto à frente, fazendo as duas imagens coincidir num objecto situado mais atrás. É importante não afastar demasiado as imagens do objecto mais próximo, ou será quebrado o efeito, dando uma sensação parecida à de tentar focar com os olhos a ponta do próprio nariz.
Além destas dicas sobre como tirar fotos, resta saber como as partilhar. O browser da Nintendo 3DS permite fazer upload das imagens para a internet, assim como visualizar fotos 3D. Por exemplo, utilizando o serviço de email da Google, o Gmail, é possível enviar fotos 3D por email como imagem em anexo. Caso a pessoa abra a mensagem num browser convencional, irá ver uma foto 2D como outra qualquer. No entanto, se o fizer com o browser da 3DS, poderá ver a foto em 3D tal como foi enviada. Há ainda o site 3DPorch, construído especificamente para permitir a partilha de fotos 3D e já com uma grande comunidade de utilizadores, oferecendo várias possibilidades de visualização para que todos possam ver o conteúdo partilhado.

Boas fotos e boas partilhas!