Notícias

Análises

29 de setembro de 2010

Nintendo 3DS: as principais novidades da consola

A Nintendo apresentou esta manhã o design final da sua nova consola portátil, a Nintendo 3DS, juntamente com uma série de novidades acerca do seu sistema. Com data de lançamento prevista para o mês de Fevereiro no Japão e para Março na Europa e EUA, a consola irá integrar (além do ecrã 3D) um conjunto de funcionalidades bastante interessantes. Segue-se um pequeno vídeo demonstrativo, bem como uma descrição destas novidades.


StreetPass (Tag Mode)
O StreetPass é a grande nova funcionalidade da consola, e a Nintendo faz questão de o evidenciar no vídeo acima. Este modo permite a comunicação entre consolas quando estão em sleep, de forma idêntica ao que fazem jogos DS como Dragon Quest IX ou Nintendogs. A principal diferença, no entanto, é que o modo StreetPass será integrado na consola, estando disponível a todos os jogos 3DS. Ao encontrar na rua uma outra consola em sleep, a 3DS envia informações de todos os jogos em simultâneo, fazendo "tag" daqueles que ambos possuam e independentemente do cartucho que esteja inserido na consola. Uma luz acenderá na consola para informar que ocorreu alguma actividade e um "Notification Applet" permitirá ver quais os jogos que receberam conteúdos oferecidos por outros jogadores.

SpotPass (Wi-Fi)
De forma semelhante ao modo StreetPass, a Nintendo 3DS irá procurar por hotspots Wi-Fi a que se possa ligar enquanto está em sleep. Esta ligação irá fazer download automático de conteúdos para os jogos, notificações e até software gratuito que esteja disponível. De forma a simplificar a distribuição dos conteúdos, estes serão também enviados para outras consolas 3DS através do modo StreetPass.

Loja Online
Embora não tenha sido revelada a estrutura da loja digital da consola, foram avançados alguns dos conteúdos que esta terá para oferecer. A 3DS terá a sua própria Virtual Console, dedicada às antigas consolas portáteis, onde poderão ser comprados jogos GameBoy e GameBoy Color (relativamente à GBA, nada foi confirmado). Haverá ainda uma outra secção de jogos clássicos, adaptados para o ecrã 3D da consola. Para além do retro gaming, a 3DS terá o seu próprio serviço "3DSWare" e irá suportar também todos os jogos existentes para DSiWare, que podem ser transferidos de uma Nintendo DSi ou DSi XL para a nova consola.

Mii Studio
Os Mii chegaram à 3DS e, tal como na Wii, os jogadores poderão criar na 3DS os seus próprios personagens. Será mesmo possível transferir os já existentes na Wii ou criá-los automaticamente a partir de uma foto, assim como guardar fotos dos Mii no cartão SD. Através do modo StreetPass, os Mii podem ser trocados com outros jogadores conforme o seu criador o deseje fazer. Um Mii trocado via StreetPass irá ainda dizer qual o jogo que estava inserido na consola.

Nintendo 3DS Camera
Tal como a Nintendo DSi, a nova consola irá trazer o seu próprio software para tirar fotos, com a principal vantagem de utilizar as câmaras externas para tirar fotografias 3D. Há ainda novas brincadeiras, como ver o resultado da combinação automática da cara de duas pessoas.

AR Games (Realidade Aumentada)
A Nintendo pretende revolucionar o conceito de realidade aumentada com a 3DS. Graças ao seu ecrã e câmara 3D, consegue combinar uma melhor detecção de profundidade e distância com uma apresentação mais realista de elementos computacionais num ambiente real. Para o demonstrar, será incluído um conjunto de jogos de realidade aumentada, bem como um conjunto de cartões que estes (ou até mesmo jogos futuros) irão utilizar.

Home Menu
A qualquer momento, será possível interromper um jogo com um simples premir do botão "Home". Este irá abrir um menu que permite aceder a uma série de funcionalidades, incluindo um browser da internet, sem que para isso seja necessário abandonar o jogo em questão.

Registo de Actividade
A 3DS guarda o registo de toda a actividade do utilizador, incluindo o tempo passado em cada jogo e até mesmo... o número de passos dado diariamente! Inspirada em software como o "Walk With Me!" e o Pokéwalker (oferecido com Pokémon HeartGold e SoulSilver), e de forma a incentivar a utilização do modo StreetPass, a 3DS regista os passos do jogador e apresenta gráficos estatísticos da actividade.

Extras
Para além de todas estas funcionalidades, ao comprar uma 3DS poderá contar-se também com um cartão SD com 2GB já incluído na consola, assim como cartões para os AR games. Na caixa virá ainda uma dock para a consola, onde será possível deixá-la a carregar durante a noite, sem ser necessário desligá-la (permitindo, eventualmente, receber updates SpotPass durante a noite).

Os Jogos
Não poderiam faltar! Com um catálogo cada vez mais impressionante, eis o vídeo apresentado esta manhã com alguns dos principais jogos em desenvolvimento para a Nintendo 3DS:
Ler Mais >

20 de setembro de 2010

Electroplankton

Algo que a Nintendo tencionou mostrar com a DS foi a versatilidade da consola para expandir o mercado dos videojogos além do conceito tradicional de jogo. Electroplankton, mesmo não tendo sido um caso de grande sucesso de vendas, foi um dos maiores esforços da empresa nesse sentido. Da mente do artista japonês Toshio Iwai, surgiu aquilo que o próprio classifica como um brinquedo musical interactivo.

O conceito principal deste software consiste em interagir, através do ecrã táctil da consola, com uma série de criaturas aquáticas que produzem som. Existem 10 espécies diferentes ao todo, correspondendo aos diferentes ambientes de interacção. Maioritariamente, os sons cristalinos produzidos pelos plankton irão produzir um efeito extremamente relaxante. É muito fácil ficar-se hipnotizado pelos sons e cores deste aquário portátil onde, por vezes, se descobrem ao acaso certos ritmos e melodias fascinantes. Há ainda alguns ambientes mais divertidos, que oferecem uma boa distracção, mas acabam por não ser tão cativantes a longo prazo.

Infelizmente, é impossível gravar uma sessão. Não há qualquer hipótese de registar para a posteridade um momento vivido neste fascinante universo. Dito isto, também não é possível combinar dois tipos de plankton num mesmo ambiente, a não ser com 2 (ou mais) consolas a tocar ao mesmo tempo, cada uma com o seu cartucho. Teria sido uma excelente funcionalidade poder-se gravar uma parte rítmica com um plankton e tocar sobre ela uma melodia feita por outra espécie. Eis um exemplo do que é possível fazer, com os meios adequados e bastante dedicação:

Electroplankton foi pensado como um brinquedo musical e nunca se torna mais do que isso. Ainda assim, não deixa de ser um software fascinante e que vale a pena experimentar. Em alternativa à versão cartucho para Nintendo DS, é possível adquirir cada um dos ambientes por 200 DSi Points para o serviço DSiWare.

Ler Mais >

14 de setembro de 2010

New Super Mario Bros.

Há 25 anos que Super Mario faz parte do imaginário de milhões de jogadores em todo o mundo. O lançamento de Super Mario Bros. para a NES marcou mais do que uma geração: o canalizador com o carismático bigode que saltava em cima de cogumelos para salvar a princesa veio alterar para sempre o mundo dos videojogos.

New Super Mario Bros. não é apenas mais um jogo de plataformas do herói mais carismático da Nintendo. É também o primeiro jogo original de plataformas 2D nesta série desde os tempos da SNES e uma forma de introduzir a paixão pelo Super Mario a uma geração completamente nova. Para os jogadores mais experientes, este pode ser considerado um pouco mais fácil que jogos anteriores, mas nem por isso menos divertido (e, ainda assim, terão algumas mortes pela frente). A magia da série permanece intacta neste jogo, que traz de volta a tradicional mecânica de saltar de plataforma em plataforma, esmagando os inimigos que se atravessem pelo caminho. Como principais novidades, surgem alguns power-ups como o cogumelo gigante e o cogumelo microscópico, que alteram o tamanho do Mario para as dimensões correspondentes.

Além do jogo principal, foi incluído um excelente modo para 2 jogadores (bastando que um tenha o jogo) chamado Mario vs. Luigi, que consiste num conjunto de cenários onde cada jogador tentará ser o primeiro a capturar um número de estrelas, nem que para isso tenha de passar por cima do adversário! Como se não houvesse já conteúdo suficiente, a Nintendo decidiu incluir um conjunto de minijogos temáticos até 4 jogadores, óptimos para queimar algum tempo livre com amigos ou familiares.


Mario dispensa apresentações. Ainda assim, este é o jogo perfeito para quem nunca teve a oportunidade de experimentar um jogo desta fantástica série. Todos os outros já o terão jogado por esta altura, ou estarão agora a jogar para celebrar o aniversário deste herói da Nintendo. Um jogo imperdível para a Nintendo DS, de compra obrigatória. Resumindo em apenas duas palavras: pura diversão.

Ler Mais >

6 de setembro de 2010

GO Series: 10 Second Run (DSiWare)

10 Second Run é o primeiro jogo da GO Series, uma oportunidade oferecida pela Rising Star Games e Gamebridge de experimentar no território europeu alguns jogos do serviço DSiWare até agora exclusivos do Japão.

Como o próprio nome indica, 10 Second Run oferece um limite de 10 segundos para ultrapassar uma série de obstáculos num percurso até à meta final, criando assim um desafio ultra rápido para situações que, muitas vezes, exigem algum cuidado: um salto em falso poderá levar à morte certa. É uma espécie de minijogo de plataformas e, ao todo, inclui 50 níveis diferentes, cuja dificuldade aumenta gradualmente. Mas o desafio é precisamente o objectivo deste jogo – qual seria a diversão de um jogo que se terminasse em apenas 500 segundos? Para compensar a dificuldade, existe um modo "Training", onde é possível experimentar qualquer nível sem quaisquer restrições de tempo nem contagem de mortes no percurso.


É um jogo extremamente simples, mesmo ao nível visual (ao estilo da série Art Style), mas que consegue oferecer doses rápidas de diversão a um preço acessível. O desafio dos níveis mais avançados será um motivo para regressar ao jogo várias vezes, assim como tentar obter melhores tempos em níveis já ultrapassados. Tendo em conta a qualidade geral dos jogos disponíveis por 200 DSi Points, esta é sem dúvida uma boa opção a considerar!

Ler Mais >