Notícias

Análises

8 de julho de 2010

Pokémon Platinum


Esta é a terceira e definitiva edição da 4ª geração de Pokémon para a Nintendo DS, que foi introduzida com as versões Diamond e Pearl. Pokémon Platinum convida o jogador a conhecer ou revisitar a região de Sinnoh para uma nova aventura, melhorada em vários aspectos em relação à das versões originais. Antes de mais, é conveniente esclarecer que este jogo não é uma sequela, mas sim uma versão alternativa a Diamond e Pearl. A história é um pouco melhor desenvolvida que nos jogos anteriores e alguns monstros têm novas formas alternativas (como é o caso de Giratina, na capa do jogo) mas, para a maioria dos jogadores das versões originais, nada aqui justifica realmente a compra de uma versão adicional do mesmo jogo.


A principal novidade de Pokémon Platinum é a nova "Battle Frontier", onde o jogador poderá levar a sua equipa a enfrentar vários desafios que obrigam a explorar ao máximo as mecânicas de combate deste jogo. Embora os ginásios e treinadores sejam mais desafiantes em Pokémon Platinum do que nas versões anteriores, é na Battle Frontier que está o verdadeiro desafio do jogo, com o valor acrescentado de poder ser jogado em modo cooperativo para dois jogadores. Também o GTS (sistema que permite efectuar trocas de Pokémon através da internet) foi melhorado e passou a permitir partilhar vídeos de batalhas gravados com o novo Battle Recorder. Há também agora nos pokecenters acesso a uma área onde é possível jogar alguns minijogos através da internet, embora seja algo cuja novidade rapidamente se desvanece.


Pokémon Platinum corrige muitas das falhas observadas nas versões anteriores, oferecendo agora uma interface um pouco mais intuitiva e cenários onde as capacidades 3D da consola são um pouco melhor aproveitadas, especialmente o novo "Distortion World" onde vive o lendário Giratina. Ainda assim, o grafismo deste jogo é claramente inferior ao que outros jogos fazem na consola, embora os sprites das criaturas continuem muito bem desenhados, como é característico da série. O novo percurso por onde a história encaminha o personagem é também bastante melhor que o original, permitindo agora capturar mais facilmente algumas criaturas raras que tardavam a aparecer em Diamond e Pearl.


Esta é, sem dúvida, a melhor das 3 versões de Pokémon 4ª geração para a Nintendo DS. Os fãs de jogos mais antigos da série encontrarão aqui um jogo bastante sólido com mecânicas muito bem desenvolvidas e muito mais estratégia do que em gerações anteriores. Como já foi dito, não se justifica a compra para quem já tenha jogado Diamond ou Pearl, embora alguns coleccionadores o queiram fazer pelas novas formas de algumas criaturas ou para repetir a experiência de explorar a região de Sinnoh.